UTILIZANDO A ANÁLISE DE CONTEÚDO NO DESENVOLVIMENTO DE UM SOFTWARE EDUCACIONAL: UM ESTUDO DE CASO PARA O ENSINO SOBRE PLÁGIO ACADÊMICO

Autores

  • Danielle dos Santos Veloso da Costa Universidade Federal de São Paulo - UNIFESP
  • Tiago Oliveira Universidade Federal de São Paulo - UNIFESP
  • Flávia Cristina Martins Queiroz Mariano Universidade Federal de São Paulo - UNIFESP

Palavras-chave:

desenvolvimento de software educacional, plágio acadêmico, processo de desenvolvimento de novos produtos, levantamento de requisitos.

Resumo

A peça chave para o desenvolvimento de um software é conseguir extrair dos usuários as suas necessidades. Assim, a interação com os usuários é de extrema importância. O objetivo deste trabalho é, através de um estudo de caso, compartilhar a experiência no processo de derivação dos requisitos de uma ferramenta educacional utilizando a técnica de análise de conteúdo, trazendo, com isso, informações relevantes sobre a necessidade e a importância do envolvimento do cliente no processo de implementação de novos produtos. Para tanto, buscou-se na literatura as melhores práticas do processo de desenvolvimento de novos produtos, detalhando a importância da participação dos clientes. Em seguida, foram realizadas entrevistas com um grupo de potenciais usuários da ferramenta educacional proposta, a fim de esclarecer a seguinte pergunta: “O que uma ferramenta educacional para o ensino sobre plágio deve possuir para promover a aprendizagem?” e, posteriormente, a análise de conteúdo das entrevistas. Desta forma, foi possível identificar os conteúdos mais pertinentes no ensino sobre plágio, para serem tratados pela ferramenta, além das abordagens pedagógicas, ou seja, as estratégias didáticas utilizadas pelos docentes. Além disso, as entrevistas foram fontes fundamentais para identificar as necessidades e sugestões dos docentes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Danielle dos Santos Veloso da Costa, Universidade Federal de São Paulo - UNIFESP

Mestranda no Programa de Pós-Graduação em Inovação Tecnologica (PPGPIT) da Universidade Federal de São Paulo – UNIFESP, Campus São José dos Campos.Atualmente é Técnico de Tecnologia da Informação da Universidade Federal de São Paulo.

 

Tiago Oliveira, Universidade Federal de São Paulo - UNIFESP

Possui graduação em Ciência da Computação pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2002) e doutorado em Engenharia Elétrica pela Faculdade de Engenharia de Ilha Solteira (2008). Atualmente é professor associado nível I da Universidade Federal de São Paulo. Tem experiência na área de Computação, com ênfase em Síntese de Sistemas Digitais em FPGAs, e na área de Educação, com ênfase em Tecnologia Educacional. Tem atuado na área de tecnologia educacional em temas como, por exemplo, laboratórios remotos/virtuais e metodologias colaborativas de ensino-aprendizagem.

Flávia Cristina Martins Queiroz Mariano, Universidade Federal de São Paulo - UNIFESP

Pesquisadora em Estatística. Professora Adjunto C, nível II, da Universidade Federal de São Paulo e docente-orientadora do Programa de Mestrado Profissional em Inovação Tecnológica. Graduada em Matemática (UFU), Mestrado e Doutorado em Estatística e Experimentação Agrícola (UFLA). Participa da Região Brasileira da Sociedade Internacional de Biometria (RBRAS). Coordenadora do Grupo de Pesquisa ``Interfaces Gráficas e Aplicações Digitais envolvendo metodologias estatísticas''. Integrante do grupo de pesquisa ``Modelos Estatísticos em Metanálise''. Foi Estatística e Pesquisadora da Fundação Centro de Pesquisa e Desenvolvimento em Telecomunicações (CPqD) em 2014, atuando principalmente nos seguintes temas: Processos de apoio à decisão (Energia Elétrica) e Análise de risco de créditos. Tem experiência em pesquisa e ensino na área de Probabilidade e Estatística, com ênfase em Metanálise, Modelos de Regressão, Modelos de Redes Neurais, Equações de Predição e Estatística Forense.

Publicado

2022-10-27

Edição

Seção

Artigos