CARACTERÍSTICAS DE PESQUISAS QUALITATIVAS

ESTUDO EM TESES DE UM PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO

Autores

Palavras-chave:

Abordagem qualitativa, pesquisa documental, tese de doutoramento

Resumo

O modo de produção de conhecimento científico tornou-se complexo, induzindo o uso de elementos metodológicos de pesquisa que deem conta de investigar, também, problemáticas de cunho subjetivo. Baseado nessa premissa, este estudo objetiva analisar características de teses de doutorado que adotaram a abordagem qualitativa, defendidas em um Programa de Pós-Graduação em Educação de uma Universidade da Região Nordeste do Brasil, no quadriênio 2013-2016. Para atingir esse objetivo, foi desenvolvida uma pesquisa documental, do tipo quali-quantitativa, pautada na identificação e análise das categorias: temática, método, procedimento de coleta de dados e técnica de análise de dados, sintetizadas pelo agrupamento de dados extraídos dos resumos das teses. Constatou-se que, do montante de 57 teses defendidas no período considerado, 87,7% (n=50) utilizaram abordagem qualitativa, embora somente 32% (n=16) destas explicitam tal abordagem em seu resumo. Política pública e formação de professores são as temáticas mais presentes entre elas. 42% (n=21) das teses informam claramente o método de pesquisa, com destaque para a pesquisa documental. Há múltiplos procedimentos de coleta de dados nelas, sobretudo entrevista e recolha de documentos. Em 46% (n=23) delas, consta-se a especificação da técnica de análise de dados, notadamente análise de conteúdo. Entretanto, considera-se importante que os pesquisadores da área da Educação comuniquem claramente todos os elementos metodológicos de suas teses nos respectivos resumos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Daniele Cariolano da Silva, Universidade Estadual do Ceará

Doutoranda em Educação pelo Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Estadual do Ceará (UECE). Pedagoga no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará - IFCE / Campus Quixadá.

Francisco Ranulfo Freitas Martins Júnior, Universidade Estadual do Ceará

Doutorando em Educação pelo Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Estadual do Ceará (UECE). Bolsista da Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FUNCAP). Docente da Universidade Estadual do Ceará (UECE).

Tatiana Maria Ribeiro Silva, Universidade Estadual do Ceará

Doutoranda em Educação pelo Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Estadual do Ceará (UECE). Docente na Universidade Estadual do Ceará.

João Batista Carvalho Nunes, Universidade Estadual do Ceará

Doutor em Filosofia e Ciências da Educação pela Universidade de Santiago de Compostela (Espanha). Professor no Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Estadual do Ceará (UECE).

Publicado

2022-10-17

Edição

Seção

Artigos