A GINÁSTICA DOMÉSTICA DE DANIEL SCHREBER

MANUAIS EM CIRCULAÇÃO NAS ÚLTIMAS DÉCADAS DO SÉCULO XIX

Autores

  • Diogo Rodrigues Puchta Universidade do Estado de Minas Gerais https://orcid.org/0000-0002-7994-2759
  • Meily Assbú Linhales Universidade Federal de Minas Gerais

Palavras-chave:

educação do corpo, manuais de ginástica, Schreber

Resumo

Este estudo versa sobre os processos de produção e circulação de um manual intitulado Ginástica doméstica, médica e higiênica ou representação e descrição de movimentos ginásticos, publicado pela primeira em Leipzig, no ano de 1855, pelo médico alemão Daniel Gottlob Moritz Schreber e endereçado a pais e educadores. Partindo de uma escala particular de observação que inclui singularidades que caracterizam a difusão do referido manual entre a segunda metade do século XIX e início do XX, buscou-se compreender algumas relações estabelecidas entre a educação do corpo e a educação da moral e da vontade; além das interseções entre a denominada natureza dos corpos e os processos de racionalização e metodização dos saberes sobre o movimento corporal. De modo mais específico, são analisadas duas traduções da obra que circularam no Brasil. A primeira publicada em Lisboa, em 1879, e a segunda no Rio de Janeiro pelo jornal Gazeta de Notícias, em 1887.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Diogo Rodrigues Puchta, Universidade do Estado de Minas Gerais

Professor do Curso de Educação Física da Universidade do Estado de Minas Gerais - Unidade Ibirité. Possui graduação em Educação Física, mestrado em Educação pela Universidade Federal do Paraná e doutorado em Educação pela Universidade Federal de Minas Gerais, com estágio sanduíche na Universidad de Murcia - Espanha.

Meily Assbú Linhales, Universidade Federal de Minas Gerais

Professora Associada da Universidade Federal de Minas Gerais com atuação docente no Curso de Graduação em Educação Física, no Mestrado Profissional em Educação Física e no Programa de Pós-graduação em Educação: Conhecimento e Inclusão Social. Coordenadora do Centro de Memória da Educação Física, do Esporte e do Lazer (Cemef).

Publicado

2022-05-24

Edição

Seção

Artigos