TRABALHO DOCENTE COM VIDEOAULAS EM EaD: DIFICULDADES DE PROFESSORES E DESAFIOS PARA A FORMAÇÃO E A PROFISSÃO DOCENTE

Autores

  • REGINA ZANELLA PENTEADO UNESP
  • BELARMINO CESAR GUIMARÃES DA COSTA UNICAMP

Palavras-chave:

Educação a Distância, formação de professores, trabalho docente, profissionalização docente, expressividade

Resumo

O artigo aborda os impactos das tecnologias digitais no trabalho docente e na relação com
a ideia de docência como profissão considerando a videoaula como principal recurso educacional da
docência na EaD e no ensino remoto. O objetivo é analisar teses e dissertações brasileiras que abordam
questões, problemas e dificuldades enfrentados por professores no processo de produção de videoaulas
para EaD. Uma revisão no BR-CAPES-BTD resultou em 11 dissertações que mostram distanciamentos
entre a formação docente e a realidade de trabalho em EaD. As precariedades envolvem aspectos de
linguagens (audiovisual e do professor – expressividade) e de socialização docente. Delas decorrem
efeitos prejudicantes nas dimensões: pessoalidade do professor (sentimentos negativos, desconfortos,
sofrimentos e mal-estar); desenvolvimento profissional docente e impacto social da docência (qualidade
do ensino). Em tempos de educação digital, a produção de videoaulas é uma prática constituinte do
trabalho docente que requer ser analisada e compreendida. O artigo mostra uma faceta dessa realidade
da docência que tensiona a profissionalização do ensino e traz novos desafios para a formação de
professores.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Publicado

2021-12-03

Edição

Seção

Artigos