Explorando novos sabores: associação azeite e plantas aromáticas no Espinhaço

Autores

  • Danielle Piuzana

Palavras-chave:

especiaria; destilação; saborização, culinária.

Resumo

Plantas aromáticas e o azeite permeiam a história da humanidade. Por apreciar esses alimentos, tenho unido seus sabores por meio do uso de destilador. Os experimentos de saborização de azeites com ervas e plantas mundialmente conhecidas como açafrão, alecrim, chimichurri, ervas de Provence, hortelã, louro, manjericão, orégano, pimenta calabresa, sálvia e tomilho foram satisfatórias. Testei, ainda, uma planta do Cerrado, conhecida popularmente por rosmaninho ou chá de pedestre, que apresentou um excelente resultado quanto ao sabor. A espécie é endêmica na Serra do Espinhaço e foi descrita pelo seu potencial aromático por Saint-Hilaire e von Martius em suas viagens por essa região, no século XIX. Neste sentido, tenho pesquisado por outras espécies para a aromatização de azeites, como as plantas alimentícias não convencionais, no sentido de valorar sabores regionais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2019-11-11

Como Citar

Danielle Piuzana. (2019). Explorando novos sabores: associação azeite e plantas aromáticas no Espinhaço. Revista Geografias, 26, 47–57. Recuperado de https://periodicos.ufmg.br/index.php/geografias/article/view/16028