Os cus do mundo

Autores

  • Marcos Fábio de Faria Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM), Diamantina, Brasil

DOI:

https://doi.org/10.35699/2525-3263.2020.29011

Resumo

O cheiro de arroto de comida azeda empesteando, à mesma vez, o início e fim do mundo fazia do ciclo do ciclo terreno uma desculpa bem meia boca e, naquela hora, em que o mundo derretia na acidez da névoa mesclada ao aquecimento global, cujos estadunidenses botavam a culpa em qualquer potência bem firmada ao leste do mundo, coisa de Rússia ou China ou uma das Coreias, diziam em rede aberta, das sociais à Fox News, antes da perda de todos, mas todos, sinais de ondas propagadas dentro e fora do globo. O falho, estando mais para tecnológico, porque se as ondas das estrelas seguem em vida muitos e muitos anos depois, não seria a explosão do mundo, e não do universo, que daria o fim a elas. Nenhum norte americano vivente na parte de cima do muro fronteiriço entre as Américas do Norte diria da culpa de seus eletrônicos made In qualquer nação asiática, mas das ondas apagadas por algum, como diziam, terrorista iraniano, iraquiano ou de um desses países que, provavelmente, deveriam fazer divisa com o Líbano, numa resposta irmã à explosão de nitrato de amônio do porto de Beirute. O cheiro do fim do mundo estava impregnado antes de tudo acabar enquanto todos esperavam a virada de tempo anunciado nas trombetas apocalípticas descritas nas Revelações de São João. Ou quase todo mundo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marcos Fábio de Faria, Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM), Diamantina, Brasil

Dramaturgo do Grupo dos Dez. Professor da Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri, além de pesquisador do Núcleo de Estudos Afrodescendentes e Indígenas (NEABI-UFVJM), do Núcleo de Estudos Literatura, Artes e Saberes (NELAS-UFVJM), Guará - grupo de pesquisas descoloniais em arte contemporânea – UDESC - e do Grup de Recerca Estudis Socials i de Gènere de Poder i la Subjectivitat (GIPIS-Universitat Autònoma de Barcelona). É editor e curador da série editorial Aquilombô.

Downloads

Publicado

2020-12-31 — Atualizado em 2020-12-31

Versões

Como Citar

Faria, M. F. de. (2020). Os cus do mundo. Indisciplinar, 6(2), 56–67. https://doi.org/10.35699/2525-3263.2020.29011