AS REVIRAVOLTAS DO DIVERTIMENTO EM PASCAL

Autores

Palavras-chave:

Pascal, Divertimento, Tédio, Século XVII

Resumo

Longe de criticar o divertimento como mera futilidade, Pascal o considera um dispositivo de sobrevivência incontornável para a condição humana, continuamente ameaçada pelo tédio (ennui). O que ainda não é totalmente claro, porém, é o alcance desta incontornabilidade. Em outras palavras: o cristão também se diverte ou o divertimento é um caminho necessário apenas ao não-cristão? Trata-se de uma descrição fenomenológica dos comportamentos humanos, sem implicação para o projeto apologético pascaliano, ou de um elemento constitutivo deste último? Estas perguntas fazem necessário um retorno ao tema, analisando os principais fragmentos que o exploram e retomando alguns intérpretes fundamentais. Ao final, pretendemos ter mostrado que o divertimento só pode ser contornado quando ocorre a intervenção sobre-humana da graça.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luís César Guimarães Oliva, USP

Professor de História da Filosofia Moderna do Departamento de Filosofia da USP

Referências

-Anjos, A.A. (2011). Divertimento pascaliano: a agitada busca pelo repouso. Dissertação de mestrado apresentada ao Departamento de Filosofia da USP, São Paulo.
-Berlinck, L.C. (2008). Melancolia, traços de dor e de perda. São Paulo: Humanitas.
-Carraud, V. (2006). “Observações sobre a segunda antropologia: o pensamento como alienação”. Kriterion, vol. XLVII, núm. 114, jul-dez. de 2006.
-Descartes, R. (1988). Meditações Metafísicas. In Os Pensadores. São Paulo: Abril Cultural.
-Lebrun, G. (1983). Blaise Pascal: voltas, desvios e reviravoltas. São Paulo: Brasiliense.
-Leibniz, G.W. (1966). Nouveaux Essais sur l’Entendement Humain. Paris: Garnier-Flammarion.
-Magnard, P. (2013). Vocabulário de Pascal. São Paulo: Martins Fontes.
-Montaigne, M. (2001). Os Ensaios. São Paulo: Martins Fontes.
-Pascal, B. (1963). Oeuvres Complètes. Paris: Seuil.
(2001). Pensamentos. São Paulo: Martins Fontes.
-Pondé, L.F. (2001). O homem insuficiente: comentários de antropologia pascaliana. São Paulo: Edusp.

Downloads

Publicado

2021-10-26

Como Citar

Oliva, L. C. G. (2021). AS REVIRAVOLTAS DO DIVERTIMENTO EM PASCAL. Revista Kriterion, 62(149). Recuperado de https://periodicos.ufmg.br/index.php/kriterion/article/view/22063

Edição

Seção

Artigos