Identidades e alteridade

representações a partir da experiência militar de missão de paz no Haiti

  • Adriane Roso Universidade Federal de Santa Maria
  • Juliana Flores Campos Universidade Federal de Santa Maria
  • Verônica Bem dos Santos Faculdade São Francisco de Barreiras
Palavras-chave: representação social; identidade; migração humana; problemas sociais

Resumo

A pesquisa apresentada aqui pretendeu compreender como a experiência de militares em uma missão de paz no Haiti afetou as relações com o Outro. Como objetivo secundário, buscamos observar como os dois tempos/lócus (Haiti e Brasil) se entrecruzam nas identidades e nas representações dos militares. Trata-se de uma pesquisa qualitativa empírica. Entrevistas narrativas e a técnica Photovoice foram utilizadas na produção de dados. Observou-se o entrecruzamento dos dois tempos/lócus nas identidades e representações do militar. Transformação nas identidades e nas representações também foram identificadas.

 

Biografia do Autor

Adriane Roso, Universidade Federal de Santa Maria
psicóloga, doutora em Psicologia pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul - PUCRS. Pesquisadora e professora adjunta do Programa de Pós-Graduação em Psicologia da Universidade Federal de Santa Maria - UFSM. Bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq. Líder do Grupo de Pesquisa Saúde, Minorias Sociais e comunicação (UFSM).
Juliana Flores Campos, Universidade Federal de Santa Maria
psicóloga.
Verônica Bem dos Santos, Faculdade São Francisco de Barreiras
psicóloga. Mestre em Psicologia pela Universidade Federal de Santa Maria – UFSM. Docente do curso de Psicologia da Faculdade São Francisco de Barreiras - FASB. 

Referências

Almeida,M.V.(1995). Senhores de si: uma interpretação antropológica da masculinidade . Lisboa : Fimdeséculo . Bauer, M.&Gaskell, G.(2005). Pesquisa qualitativa comtexto, imagem e som: um manual prático(4aed. P.A.Guareschi,Trad.). Petrópolis, RJ: Vozes(Original publicado em 2000).

Bauman, Z(2005).Identidade: entrevista a Benedetto Vecchi (C.A. Medeiros, Trad.) .Rio de Janeiro: Zahar (Original publica do em 2004).

Birman, J . (2001). Mal-estar na atualidade: a psicanálise e as novas formas de subjetivação. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira. Bondía,J.L.(2002). Notas sobre a experiência e o saber de experiência (J.W.Geraldi,Trad.).Revista Brasileirade Educação,19,20-28.(Original publica do em 2001).Recuperado em 08 desetembro, 2014, de www.scielo.br/pdf/rbedu/n19/n19a02.pdf

Bracey,D (2011). O Brasil e as operações de manutenção da paz da ONU: os casos do Timor Leste e Haiti. Contexto Internacional (Rio de Janeiro), 33(2), 315-331. Recuperado em 08 de setembro, 2014, de www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-85292011000200003&lng=en&tlng=p

Ciampa,A.C (1989). Identidade .Em W. Codo &S.T.M. Lane (Org.s). Psicologia social: o homemem movimento (8aed.; pp.58-77). São Paulo: Brasiliense.

Connell, R.W.& Messerschmidt, J.W (2013). Masculinida de hegemônica: repensando o conceito. Estudos Feministas, 21(1),241-282. Recuperado em 12 de abril, 2014, de periodicos.ufsc.br/index.php/ref/article/view/29127/24650

Ferreira,M.C (2010). A psicologia social contemporânea: principais tendências e perspectivas nacionais e internacionais. Psicologia: Teoria e Pesquisa, 26, 51 64. .Recuperado em 12 de abril, 2014, de www.scielo.br/pdf/ptp/v26nspe/a05v26ns.pdf

Freire,M.R.& Lopes,P.D(2008). Reconceptualizar a paz e a violência: uma análise crítica. Revista Crítica de Ciências Sociais, 82,13-26. Recuperado em 01 de novembro, 2015, de rccs.revues.org/614

Guareschi,N.M.F.,Reis,C.,Huning,S.&Bertuzzi,L.D (2007). Intervenção na condição de vulnerabilidade social: um estudo sobre a produção de sentidos com adolescentes do programado trabalho e ducativo. Estudos e Pesquisas em Psicologia,7(1) ,20-30. Recuperado em 8 de setembro, 2014, de www.revispsi.uerj.br/v7n1/artigos/pdf/v7n1a03.pdf

Guareschi,P (1998). Alteridade e relação: uma perspectiva crítica. Em A.Arruda(Org.). Representando a alteridade (2a.ed.;pp.149-161). Petrópolis,RJ:Vozes.

Publicado
2015-10-24
Como Citar
Roso, A., Campos, J. F., & Santos, V. B. dos. (2015). Identidades e alteridade. Memorandum: Memória E História Em Psicologia, 29, 133-152. Recuperado de https://periodicos.ufmg.br/index.php/memorandum/article/view/6474
Seção
Artigos