Psychologia do christianismo (1910) de Abdias Neves

marco para psicologia piauiense

  • João Paulo Macedo Universidade Federal do Piauí
  • Mayara Carneiro Alves Pereira Universidade Federal do Piauí
  • Francisca Maira Silva de Sousa Universidade Federal do Piauí
  • Naira Janiery G. Cordeiro Carvalho Universidade Federal do Piauí
  • Dania Mendes Ribeiro Universidade Federal do Piauí
  • Natalia de Souza Silva Universidade Federal do Piauí
Palavras-chave: história da psicologia, psicologia piauiense, literatura, religião

Resumo

Trata sobre a importância de Abdias Neves (1876-1928) para história da psicologia no Piauí, com o polêmico Psychologia do Christianismo. Neste livro, o autor toma a Psicologia como argumento central para pensar a relação dos homens com os mitos, suas transformações e relações com a religião. Objetiva-se, portanto, apresentar em linhas gerais de que modo a Psicologia comparece no conjunto da obra do autor, para em seguida situar a estrutura do livro, o conjunto de autores e ideias que Abdias Neves fez uso para sustentar a linha argumentativa do seu Psychologia do Christianismo, além da síntese do livro. Trata-se de um estudo bibliográfico. Para o autor, a Igreja Católica, consolidou sua hegemonia e poder também por meio do investimento de experiências e sentimento religioso, constituindo uma espécie de “eu psicológico”. Apesar de esquecido, é um livro de estimado valor para memória da psicologia piauiense e, quem sabe, brasileira.

 

Biografia do Autor

João Paulo Macedo, Universidade Federal do Piauí
Doutor em Psicologia pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Docente do Programa de Pós-Graduação em Psicologia e do Programa de Pós-Graduação em Políticas Públicas da Universidade Federal do Piauí.
Mayara Carneiro Alves Pereira, Universidade Federal do Piauí
Graduada em Psicologia pela Universidade Federal do Piauí.
Francisca Maira Silva de Sousa, Universidade Federal do Piauí
Graduada em Psicologia pela Universidade Federal do Piauí.
Naira Janiery G. Cordeiro Carvalho, Universidade Federal do Piauí
Graduada em Psicologia pela Universidade Federal do Piauí.
Dania Mendes Ribeiro, Universidade Federal do Piauí
Graduada em Psicologia pela Universidade Federal do Piauí.
Natalia de Souza Silva, Universidade Federal do Piauí
Graduada em Psicologia pela Universidade Federal do Piauí.

Referências

Antunes, M. A. M. (2012). A psicologia no Brasil: um ensaio sobre suas contradições.Psicologia: Ciência e Profissão, 32 (spe), 44-65. dx.doi.org/10.1590/S1414-98932012000500005

Araújo, S. F. (2010). O projeto de uma psicologia científica em Wilhelm Wundt: uma nova interpretação. Juiz de Fora, MG: UFJF.

Avelino, J. G. M. (2010). As escritas dos bacharéis: a ciência e o direito como mediadores para a construção de uma sociedade republicana. Dissertação de Mestrado, Programa de Pós Graduação em História do Brasil, Universidade Federal do Piauí, Teresina, PI.

Castelo Branco, P. V. (2005). Famílias e escritas: a prática discursivados literatos e as relações familiares em Teresina nas primeiras décadas do século XX. Tese de Doutorado, Programa de Pós Graduação em História, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, PE.

Feitosa, A. A. (2006). Relações de gênero e naturalismo no romance Um manicaca, de Abdias Neves. Dissertação de Mestrado, Programa de Pós Graduação em Letras, Universidade Federal do Piauí, Teresina, PI.

Magalhães, S. R. (2015). Prefácio à 2ª edição de Psicologia do cristianismo. Em A. Neves. Psicologia do Cristianismo(2a ed.). Teresina: Academia Piauiense de Letras.

Massimi, M. (2009). Novas questões temáticas e desdobramentos metodológicos na história dos saberes psicológicos. Temas em Psicologia, 17(1), 15-20.Recuperado em 06 de abril, 2017, de pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-389X2009000100003&lng=pt&tlng=pt.

Neves, A. (1909). Um manicaca. Teresina: Campos Veras.

Neves, A. (1921).O Piauí na Confederação do Equador.Rio de Janeiro: Imprensa Nacional.

Neves, A (1926). Aspectosdo Piauí: formação territorial, composição étnica, valores econômicos, organização política. Teresina: Tipografia do Piauí.

Neves, A. (1910). Psychologia do christianismo. Teresina: Libro-Papelaria Veras.

Neves, A. (1985). A guerra do Fidié(3a ed.).Teresina: Projeto Petrônio Portela. (Original publicado em 1907).

Neves, A. (1914, 17 de maio). Noções de pedagogia aplicada. Diário do Piauí, 2.

Passos, A. (1966). Abdias Neves: homens e eventos da sua época. Teresina: s.n.

Pinheiro, A. P. (2003). O desmoronar das utopias -Abdias Neves (1876-1928): anticlericalismo e política no Piauí nas três primeiras décadas do século XX. Tese de Doutorado, Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, SP.

Souza, P. G. C. (2008). História e identidade: as narrativas da piauiensidade. Dissertação de Mestrado, Programa de Pós Graduação em História do Brasil, Universidade Federal do Piauí, Teresina, PI.

Publicado
2018-12-13
Como Citar
Macedo, J. P., Pereira, M., Sousa, F. M., Carvalho, N. J., Ribeiro, D., & Silva, N. (2018). Psychologia do christianismo (1910) de Abdias Neves. Memorandum: Memória E História Em Psicologia, 35, 115-132. Recuperado de https://periodicos.ufmg.br/index.php/memorandum/article/view/6890
Seção
Artigos