Percepções e Análises da Gestão de Riscos no arquivo da Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas na Universidade Federal do Ceará

Autores

DOI:

https://doi.org/10.35699/2237-6658.2021.26844

Palavras-chave:

Gestão de riscos, Gerenciamento de riscos, Analise de riscos, Método Mosler

Resumo

O presente artigo levanta discussões teóricas e práticas relacionadas à gestão e ao gerenciamento de riscos em unidades de informação, com o foco no arquivo da Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas da Universidade Federal do Ceará. Tem como objetivo investigar as percepções dos colaboradores do arquivo sobre a temática gestão de riscos, além de realizar a identificação e análise de riscos a partir do Método Mosler na referida unidade de informação. Para isso, fundamenta-se metodologicamente na pesquisa de campo e exploratória, com abordagem qualitativa, utilizando-se de formulários eletrônicos para coleta de dados. Apresenta como resultado as percepções dos colaboradores do arquivo, onde percebeu-se que a gestão de riscos ainda é um aspecto pouco conhecido e trabalhado nesta unidade de informação. Identificaram-se cinco riscos potenciais, que vêm sendo observados e tratados pela equipe gestora, o que resultou em classes de riscos pequenos ou muito pequenos para o arquivo, sendo riscos controláveis, embora haja necessidade de um plano de gerenciamento de riscos. Conclui-se que a gestão e gerenciamento de riscos são aspectos importantes nas unidades de informação, deste modo, os cursos de graduação e as unidades de informação precisam fornecer capacitações para o fortalecimento de ações frente a presença de riscos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Italo Teixeira Chaves, Universidade Federal do Ceará

Graduando em Biblioteconomia pela Universidade Federal do Ceará (UFC). 

Luciano Pereira dos Santos Cavalcante, Universidade de São Paulo

Graduado em Biblioteconomia pela Universidade Federal do Ceará (UFC). Especialização em curso em Gestão de Pessoas pela Universidade de São Paulo (USP). 

Referências

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR ISO 31000:2009 - Gestão

de Riscos: Princípios e Diretrizes. Rio de Janeiro, ABNT, 2009.

ALMEIDA, M. C. Auditoria: um curso moderno e completo. 6. ed. São Paulo: Atlas, 2003.

AUTOR 1, 2019.

BARALDI, P. Gerenciamento de riscos empresariais: a gestão de oportunidades, a avaliação de riscos e a criação de controles internos nas decisões empresariais. 2. ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2005.

BRASILIANO, A. C. R.. Análise de riscos. Revista Eletrônica Brasiliano &

Associados, São Paulo, n. 20, set./out. 2005. Disponível em:

https://docs.wixstatic.com/ugd/fbc826_56f9c26a375a42f39f4c2f713d0ca48e.pdf.

Acesso em: 01 dez. 2020.

BRASIL. Tribunal de Contas da União. Referencial básico de gestão de riscos. Tribunal de Contas da União. – Brasília: TCU, Secretaria Geral de Controle Externo, 2018. 154 p.

BRITO, O. S. Gestão de riscos: uma abordagem orientada a riscos operacionais. São Paulo: Saraiva, 2002.

BRÜSEKE, F. J. Risco e contingência. Revista Brasileira de Ciências Sociais, v. 22, n. 63, p. 69-80, 2007.

COCURULLO, A. Gestão de riscos corporativos: riscos alinhados com algumas ferramentas de gestão: um estudo de caso no setor de celulose e papel. São Paulo: Scortecci, 2002.

COOPER, D.R.; SCHINDLER, P.S. Métodos de Pesquisa em Administração.7. ed. Porto Alegre: Bookman, 2003.

DIAS, A. A. ética profissional e memória no arquivo. Revista Fontes Documentais, v. 1, n. 1, p. 19-31, 2018.

GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. 5 ed. São Paulo: Editora Atlas, 2010. 184 p.

HOLLÓS, A. C.; PEDERSOLI Jr., J. L. Gerenciamento de riscos: uma abordagem interdisciplinar. PontodeAcesso, v. 3, n. 1, p. 72-81, 2009.

LIMA, C. A.; FREIRE, S. C. Gestão de riscos em acervos bibliográficos: análise de riscos na Biblioteca Francisca Keller. Memória e Informação, v. 3, n. 2, p. 118-136, 2019.

MACEDO, S. M. S.; ORTEGA, C. D. Unidades de informação: termos e características

para uma diversidade de ambientes de informação. Em questão, v. 25, n. 2, p. 326-347, 2019.

MARCONI, M. A.; LAKATOS, E. M. Técnicas de pesquisa. 7 ed. São Paulo: Editora Atlas, 2010. 277 p.

MOTTA, F. M. V.; SILVA, R. A. R. A adoção de tecnologias digitais na reconstrução do patrimônio: relato da experiência do museu nacional, Brasil. Informação & Sociedade: Estudos, v. 30, n. 2, 2020.

NOBRE, L. C.; SOUZA, O. Museu de Arte e Cultura do Ceará: uma análise dos riscos baseados em um modelo integrado dos fluxos de informação dos métodos Fine e Mosler. Informação em Pauta, v. 3, n. 1, p. 26-51, 2018.

PEREIRA, A. M. S. M. Gerenciamento de riscos: do planejamento à execução. Rio de Janeiro: Arquivo Nacional, 2019.

PRADO, E. V. Et al. Sistemas de informações para gerenciamento de riscos corporativos em controladoria: um estudo bibliométrico na base de dados scopus. Perspectivas em Gestão & Conhecimento, v. 7, n. 1, p. 191-211, 2017.

SALLES JÚNIOR, C. A. C.; et al. Gerenciamento de riscos em projetos. Rio de Janeiro: Editora FGV, 2006.

SANTOS, P. S. M.. Gestão de riscos empresariais. Osasco, SP: Novo Século Editora, 2002.

SILVA, À. C.; NASCIMENTO, G. B. Gerenciamento de riscos no acervo do arquivo da Fundação Casa de José Américo na cidade de João Pessoa – PB. Archeion Online, v. 3, n. 11, p. 25-44, 2015.

SILVA, D. E. L. S.; ARAÚJO, S. L. A.; CAMPELLO, L. O. S. Gestão de riscos o método do COSO aplicado à gestão de uma unidade de informação. RDBCI, v.18, p. 1-21, 2020.

SPINELLI, J.; PEDERSOLI JÚNIOR, J. L.. Biblioteca Nacional: plano de gerenciamento de riscos: salvaguarda & emergência. Rio de Janeiro: Fundação Biblioteca Nacional, 2010.

TAVARES, A. L. L.; SIEBRA, S. A.; GALINDO, M. L. O gerenciamento de risco no ciclo da curadoria digital. Archeion Online, v. 6, n. 2, p. 83-104, 2019.

VENEZIA A. G.; ONO, R. Aplicação de método de análise de risco visando o aprimoramento da segurança contra incêndio no decorrer do processo de projeto de hospitais de grande porte. Gestão de Tecnologia de Projetos, v. 8, n. 2, p. 89-103, 2013.

Downloads

Publicado

2021-05-04

Como Citar

CHAVES, I. T.; CAVALCANTE, L. P. dos S. . Percepções e Análises da Gestão de Riscos no arquivo da Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas na Universidade Federal do Ceará. Múltiplos Olhares em Ciência da Informação, [S. l.], v. 11, p. e–26844, 2021. DOI: 10.35699/2237-6658.2021.26844. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/moci/article/view/26844. Acesso em: 15 jun. 2021.