Evolução da inteligência competitiva com base em estudo métrico de sua literatura

Autores

  • Renata Cristina Teixeira Petróleo Brasileiro S.A.
  • Cristina Souza CEFET/RJ

Palavras-chave:

Inteligência Competitiva, Infometria, Cientometria, Bibliometria

Resumo

O presente trabalho analisa as discussões promovidas sobre o tema Inteligência Competitiva (IC) no período de 1984 a 2013. Organizado na forma de pesquisa infométrica, foram analisados prioritariamente os dados bibliográficos de 3453 artigos indexados na base de dados Scopus, identificando quais assuntos receberam maior atenção por parte de seus autores, assim como a distribuição geográfica e temporal dos artigos. Observou-se uma mudança natural das discussões, que inicialmente concentravam-se na busca do entendimento conceitual e da justificativa da existência da IC, para um maior foco em artefatos tecnológicos que propiciem melhoramentos na sua execução. A área de Gestão tem recebido grande atenção em todas as regiões geográficas, seguida da área de Planejamento Estratégico, que apenas perde a segunda posição na Ásia, onde a Modelagem Matemática tem sido o principal tópico. A discussão sobre ética perpassa a literatura sobre IC durante todo o período estudado.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Renata Cristina Teixeira, Petróleo Brasileiro S.A.

Analista de Inteligência Competitiva da Gerência de Estratégia Tecnológica da PETROBRAS. Mestre em Tecnologia pelo CEFET/RJ (2014). Possui o Competitive Intelligence Professional Certificate pela Fuld-Gilad-Herring Academy of Competitive Intelligence (2010), MBA em Gestão de Negócios e Inteligência Competitiva pela UNIRIO (2008), Especialização em Organização da Informação em Contexto Digital pela ECII/UFMG (2007) e Graduação em Biblioteconomia também pela ECI/UFMG (2005).

Cristina Souza, CEFET/RJ

Possui Doutorado e Mestrado em Engenharia de Produção pela COPPE/UFRJ na área de Avaliação de Projetos Industriais e Tecnológicos. Atualmente é Professora Associada e substituta do Diretor de Pesquisa e Pós-Graduação do CEFET/RJ. Foi Coordenadora do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Tecnologia, Chefe de Departamento e Coordenadora do curso de graduação em Engenharia de Produção. Foi representante institucional junto à REPICT Rede de Propriedade Intelectual, Cooperação, Negociação e Comercialização de Tecnologia vinculada à Rede de Tecnologia do Rio de Janeiro REDETEC. É líder do grupo de pesquisa Gestão da Tecnologia. Tem participado, como coordenadora e pesquisadora, de diversos projetos de pesquisa e de extensão inovadora financiados por órgãos de fomento como FAPERJ, FINEP/CNPq, CAPES/DAAD. Tem diversas publicações em periódicos internacionais e nacionais. Possui várias orientações concluídas. Atua nas linhas de pesquisa Gestão da Inovação e Informação Tecnológica e Ciência, Tecnologia & Educação trabalhando principalmente na área de Engenharia de Produção nos seguintes temas: propriedade intelectual; prospecção tecnológica; indicadores de ciência, tecnologia e inovação; informação tecnológica; e educação em engenharia.

Downloads

Publicado

2017-03-30

Edição

Seção

Artigos