Preprints na comunicação científica da Física de Altas Energias: análise das submissões no repositório arXiv (2010-2015)

Autores

  • Gonzalo Rubén Alvarez UFRGS
  • Sônia Elisa Caregnato UFRGS

Palavras-chave:

Comunicação científica, Preprints, Open Access, Física de Altas Energias.

Resumo

A circulação de preprints na Física de Altas Energias (FAE) remonta a mais de meio século, tendo como objetivos principais acelerar o processo de comunicação científica entre os pares e estimular o acesso livre à literatura especializada da área. O artigo analisa o conjunto de preprints submetidos às diferentes categorias FAE do repositório temático especializado arXiv no período 2010-2015 que foram posteriormente publicados em revistas peer review. Os indicadores bibliométricos demonstram a potencialidade dos preprints como canal precursor de difusão de resultados científicos visto que 70% das submissões foram em seguida absorvidas pelas principais revistas da FAE. Conclui que o êxito alcançado pelas iniciativas Open Access arXiv e INSPIRE-HEP favoreceu o intercâmbio de informações e conhecimentos entre os pesquisadores. O modelo proposto pela FAE pode incentivar cientistas de áreas com características similares a instalarem repositórios e bancos de dados de preprints para suas disciplinas com o intuito de fortalecer a comunicação das descobertas científicas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Gonzalo Rubén Alvarez, UFRGS

Doutorando do Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Informação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Mestre em Ciência da Comunicação e Informação pelo PPGCOM/UFRGS.

Sônia Elisa Caregnato, UFRGS

Doutora em Information Studies pela University of Sheffield, Inglaterra. Professora Associada do Departamento de Ciências da Informação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).

Downloads

Publicado

2017-06-29

Edição

Seção

Artigos