Proposição e validação de um modelo de inteligência competitiva específico para instituições de ensino superior (ies) privadas

Autores

  • Cassiane Barbosa da Silva PUC Minas (Núcleo de Pesquisa e Informação da Secretaria de Planejamento e Desenvolvimento Institucional/ Coordenadora); FPL (Docente graduação); Nova Faculdade (Docente graduação
  • Frederico Cesar Mafra Pereira Professor do quadro permanente da Fundação Pedro Leopoldo (FPL-MG), no Mestrado Profissional em Administração
  • Rodrigo Baroni de Carvalho Programa de Pós-Graduação em Administração da PUCMinas
  • Ricardo Vinícius Dias Jordão Professor do Mestrado Profissional em Administração da Fundação Pedro Leopoldo (FPL-MG), Pesquisador do Center of Advanced Studies in Management and Economics (UE), Portugal

Palavras-chave:

Inteligência Competitiva, Estratégia Competitiva, Instituições de Ensino Superior Privadas, Modelo de IC para IES

Resumo

O trabalho teve como objetivos analisar práticas e ferramentas utilizadas pelas Instituições de Ensino Superior (IES) privadas de Minas Gerais para monitorarem seu ambiente competitivo, e propor e validar um modelo de Inteligência Competitiva (IC) para este segmento. O estudo foi de natureza descritiva e preditiva, via aplicação de formulário eletrônico disponibilizado a todas as IES privadas mineiras, cadastradas no e-Mec/INEP em 2015. O público-alvo foram os gestores das IES privadas pertencentes à alta administração e à coordenação de cursos, no total de 40 gestores de 27 diferentes IES. Os resultados apontaram diferentes percepções entre os entrevistados quanto ao uso de práticas e ferramentas de IC, sendo que os conceitos e práticas parecem mais difundidos na perspectiva dos gestores da alta administração. O modelo proposto contemplou as etapas do Ciclo de IC em seus construtos e foi validado por meio da Modelagem de Equações Estruturais. Concluiu-se que as práticas e ferramentas de monitoramento estão presentes nas IES mineiras em um nível informal e desestruturado. Fontes de informações como dados da concorrência e Governo não constaram como as mais monitoradas. A maioria das instituições pesquisadas não apresenta uma área específica de IC, apesar do ótimo nível de conhecimento sobre o conceito.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Frederico Cesar Mafra Pereira, Professor do quadro permanente da Fundação Pedro Leopoldo (FPL-MG), no Mestrado Profissional em Administração

Doutor e Mestre em Ciência da Informação (ECI-UFMG), Bacharel em Economia (FACE-UFMG), Especialista em Gestão Estratégica de Marketing (CEPEAD-UFMG). Atuo como professor permanente do Mestrado Profissional em Administração da Fundação Pedro Leopoldo (FPL-MG), e como professor convidado em cursos de MBA, Especialização, Programas Executivos e Mentorias na Fundação Dom Cabral (FDC), IBMEC-MG e IEC PUCMinas.

Ricardo Vinícius Dias Jordão, Professor do Mestrado Profissional em Administração da Fundação Pedro Leopoldo (FPL-MG), Pesquisador do Center of Advanced Studies in Management and Economics (UE), Portugal

Mestre em Administração Estratégica (Fundação Dom Cabral) e Mestre em Contabilidade e Controladoria (UFMG)

Downloads

Publicado

2018-06-29

Edição

Seção

Artigos