Aspectos da adoção de mídias sociais em micro e pequenas empresas de base tecnológica

Autores

  • Jeanne Louize Emygdio Universidade Federal de Itajubá - UNIFEI
  • Adriana Prest Mattedi Universidade Federal de Itajubá

Palavras-chave:

Tecnologia da Informação e Comunicação, TICs, Mídias Sociais, Micro e Pequenas Empresas e Base Tecnológica, Ferramentas sociais de colaboração

Resumo

Os contextos interorganizacionais na sociedade pós-moderna refletem sua complexidade quanto à compreensão, análise e adoção adequada das Tecnologias da Informação e Comunicação (TICs) para as práticas de imersão no ciberespaço. Tais práticas proporcionam às empresas mais preparadas, o acesso a informações de valor estratégico e oportunidades de desenvolvimento do capital relacional, a partir dos quais poderão alcançar maior capacidade competitiva e melhor desempenho no âmbito colaborativo e social. O objetivo deste artigo é apresentar a percepção empresarial sobre as oportunidades de exploração do ciberespaço a partir da adoção de mídias sociais nos trâmites interorganizacionais. Ao final da pesquisa constatou-se que a importância da imersão não é tão significativa entre as empresas pesquisadas e, salvo algumas exceções, as competências necessárias ao melhor aproveitamento operacional e estratégico dos recursos ainda não foram desenvolvidas, o que inviabiliza o alcance das potencialidades esperadas com a imersão. O maior valor atribuído às mídias sociais ainda repousa sobre as atividades de marketing e divulgação, excetuando-se nas empresas de TICs onde são utilizadas de maneira expressiva na área produtiva irradiando-se progressivamente para outras áreas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jeanne Louize Emygdio, Universidade Federal de Itajubá - UNIFEI

Mestranda em Desenvolvimento, Tecnologias e Sociedade pela Universidade Federal de Itajubá. Especialista em Produção de Software com ênfase em Software Livre pela UFLA-Lavras, em Análise, Projeto e Gerenciamento de Sistemas pela PUC-Minas-Poços de Caldas e em Design Instrucional para EaD Virtual pela UNIFEI-Itajubá. Tecnóloga em Processamento de Dados pela Universidade FUMEC de Belo Horizonte. Áreas de atuação: Sistemas de Informação com ênfase em Engenharia de Software para modelos proprietários e livres; Banco de Dados, Desenvolvimento de sistemas; Implantação de ERPs para Gestão Acadêmica; Administração de Servidores Linux; Integração de sistemas e plataformas tecnológicas; Coordenação e desenvolvimento de projetos fomentados por órgãos públicos como FAPEMIG e SEBRAE. Atualmente é pesquisadora da Universidade Federal de Itajubá onde realiza estudos interdisciplinares sobre o uso de TICs em Micro e Pequenas Empresas de base tecnológica.

Adriana Prest Mattedi, Universidade Federal de Itajubá

Graduada em Ciências Econômicas pela Universidade Federal do Espírito Santo (1985), mestrado em Análise de Sistemas e Aplicações pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (1990) e doutorado em Computação Aplicada pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (2005). Atualmente é professor adjunto IV da Universidade Federal de Itajubá. Tem experiência na área de Economia, com ênfase em Modelos Econométricos e Estatísticos, e (b) Economia da Tecnologia, com ênfase no uso de TI na sociedade.

Downloads

Publicado

2018-12-26

Edição

Seção

Artigos