Práticas de gestão da informação e inovação aberta: estudo no pólo tecnológico de Florianópolis

Autores

  • Ana Clara Cândido Programa de Pós Graduação em Ciência da Informação (PGCIn) - Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC; CICS.NOVA - Centro Interdisciplinar de Ciências Sociais FCSH/UNL, Portugal
  • Mariene Alves do Vale Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC

Palavras-chave:

Gestão da Informação. Inovação Aberta. Polo tecnológico.

Resumo

As inovações de produtos e serviços eram desenvolvidas, sobretudo, internamente nas organizações até a propagação do modelo de Inovação Aberta no ambiente de negócios. Os processos colaborativos de inovação acontecem a partir da interação entre atores distintos: fornecedores, clientes, instituições de ensino e pesquisa e o governo. Nesse cenário, a informação precisa ser tratada adequadamente por meio da gestão estratégica da informação. Dos procedimentos metodológicos, trata-se de um estudo exploratório e descritivo, quali-quantitativo que buscou conhecer como as empresas do polo tecnológico de Florianópolis gerem a informação e realizam suas práticas de inovação. Os resultados evidenciam a ausência de setores e profissionais dedicados exclusivamente à gestão da informação e que, as principais fontes de informação são as mídias digitais e os eventos promovidos por entidades representativas. Existem procedimentos padronizados, porém não formalizados, para organizar, armazenar, distribuir e utilizar a informação. A inovação, maioritariamente, é resultado da contribuição dos próprios colaboradores, assim como dos clientes diretos e dos consumidores finais. O principal motivador para o investimento em inovação é a necessidade de manter-se à frente dos concorrentes, além da redução de custos e o aumento do valor percebido pelos clientes, também contribuindo para o aprendizado dos profissionais envolvidos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ana Clara Cândido, Programa de Pós Graduação em Ciência da Informação (PGCIn) - Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC; CICS.NOVA - Centro Interdisciplinar de Ciências Sociais FCSH/UNL, Portugal

Doutora em Avaliação de Tecnologia - Universidade Nova de Lisboa. Atualmente é professora no Programa de Pós Graduação em Ciência da Informação - PGCIn da Universidade Federal de Santa Catarina e Pesquisadora Associada no Centro Interidisciplinar de Ciências Sociais da Universidade Nova de Lisboa (CICS.NOVA).

Mariene Alves do Vale, Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC

Especialista em Gestão Estratégica de Negócios pela Faculdade de Ciências Econômicas da Universidade Federal de Minas Gerais (2017). Bacharel e licenciada em Psicologia pela Universidade Federal de Minas Gerais (2011). Atuou como voluntária em Iniciação à Docência na área de Avaliação Psicológica e como bolsista da Pró-Reitoria de Graduação na área de Orientação Profissional e de Carreira. Foi Diretora Presidente da RH Consultoria Júnior - UFMG na Gestão 2009/1. Possui experiência nas áreas de Psicologia Organizacional, Orientação Profissional e de Carreira e na docência em cursos de nível técnico. Atualmente, cursa bacharelado em Ciência da Informação na Universidade Federal de Santa Catarina.

Downloads

Publicado

2018-12-26

Edição

Seção

Artigos