Análise e interpretação de ideias: proposta de um modelo

Autores

  • Marina Carradore Sérgio Universidade Federal de Santa Catarina
  • Alexandre Leopoldo Gonçalves Universidade Federal de Santa Catarina

Palavras-chave:

Gestão de ideias, Mineração de ideias, Inovação, Modelo de mineração de ideias

Resumo

As ideias são consideradas a matéria-prima do processo de inovação. Boas ideias podem impactar no planejamento de ações de melhoria contínua e na promoção de produtos diferenciados. O conhecimento envolvido no domínio de gestão de ideias é geralmente latente e deve ser descoberto de forma adequada usando métodos quantitativos, como a mineração de dados ou abordagens baseadas em dados. O grande desafio está em gerar ideias pragmáticas e úteis para o desenvolvimento de novos produtos, faltando pesquisas para desenvolver completamente novos serviços ou ideias de produtos usando abordagens quantificadas ou orientadas a dados. Com o intuito de conceber um sistema para sustentação e facilitação deste processo é necessário formalizar os principais conhecimentos envolvidos no domínio. A representação e a formalização do conhecimento podem ocorrer semanticamente. O objetivo deste estudo é propor um modelo de mineração de ideias, capaz de contribuir na análise e interpretação dos dados coletados em plataformas de gestão de ideias, com o intuito de auxiliar no processo de tomada de decisão.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marina Carradore Sérgio, Universidade Federal de Santa Catarina

Possui graduação em Tecnologias da Informação e Comunicação pela Universidade Federal de Santa Catarina (2013) e mestrado em Engenharia e Gestão do Conhecimento pela Universidade Federal de Santa Catarina (2016). Atualmente é aluna de doutorado no curso de Engenharia e Gestão do Conhecimento (EGC), na área de Engenharia do Conhecimento da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. Suas principais áreas de pesquisas são: Ontologia, Análise de Agrupamentos, Engenharia de Ontologia, Descoberta de Conhecimento em Bases Textuais, Inovação e Gestão de Ideias.

Alexandre Leopoldo Gonçalves, Universidade Federal de Santa Catarina

Possui graduação em Ciência da Computação pela Fundação Universidade Regional de Blumenau (1997), mestrado e doutorado em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de Santa Catarina em 2000 e 2006. Atualmente é Professor Adjunto lotado no Campus Araranguá/UFSC, e Professor Permanente do Programa de Pós-Graduação em Engenharia e Gestão do Conhecimento/UFSC e do Programa de Pós-Graduação em Tecnologias da Informação e Comunicação/UFSC. Tem experiência nas áreas de Ciência da Computação e Engenharia do Conhecimento atuando principalmente nos seguintes temas: Extração e Recuperação de Informação, Descoberta de Conhecimento, Engenharia de Ontologia, Sistemas de Recomendação e Internet das Coisas.

Downloads

Publicado

2019-06-28

Edição

Seção

Artigos