Sombra comunista ou novas realidades? Análise sobre o desenvolvimento da Arquivologia russa na era pós-soviética (1991-2016)

Autores

  • Roberto Lopes dos Santos Junior Universidade Federal do Pará

Palavras-chave:

Arquivologia russa, legislação arquivística, Acesso, Pós-Comunismo

Resumo

Análise histórica – a partir de levantamento bibliográfico e revisão de literatura em fontes secundárias- identificando as principais características que marcaram a Arquivologia na Rússia nas décadas de transição do país para o capitalismo. O período analisado foi entre 1991, com a dissolução da URSS, até 2016, durante o governo de Vladimir Putin. O trabalho divide-se em três partes: discussão sobre a infraestrutura dos acervos e dos cursos de formação de arquivistas russos no período pós-soviético, a legislação promulgada durante os anos 1990 e 2000, reorganizando e readaptando os arquivos do país, e a complexa situação da acessibilidade desses conjuntos documentais, principalmente relacionado a pesquisadores e usuários ocidentais. A pesquisa identificou que, apesar de alguns problemas e vícios oriundos do período comunista ainda serem percebidos, tantos os acervos quanto a formação profissional e estrutura legal da área no país abrem-se para um novo horizonte, se adaptando, parcialmente, a realidade capitalista vigente.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Roberto Lopes dos Santos Junior, Universidade Federal do Pará

Professor adjunto da Faculdade de Arquivologia e do Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação pela Universidade Federal do Pará. Doutor em Ciência da informação pelo convênio IBICT/ UFRJ. Mestre em Ciência da Informação pelo convênio IBICT / UFF.

Downloads

Publicado

2019-06-28

Edição

Seção

Artigos