Tecnologia da Informação e Desempenho da Gestão Documental em uma Universidade Federal

Autores

  • Sílvia Cintra Borges Morais Universidade do Sul de Santa Catarina Programa de Pós-graduação em Administração
  • Clarissa Carneiro Mussi Universidade do Sul de Santa Catarina Programa de Pós-graduação em Administração
  • Maurício Andrade de Lima
  • Marli Dias de Souza Pinto Universidade Federal de Santa Catarina Professora do Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação

Resumo

Esta pesquisa investigou a percepção de gestores e usuários sobre a influência da tecnologia da informação no desempenho da gestão documental em uma universidade federal. A elaboração da estrutura conceitual de análise foi guiada pelos fundamentos do Balanced Scorecard. Metodologicamente, a pesquisa caracterizou-se como qualitativa, do tipo estudo de caso. Entrevistas semiestruturadas, observação participante e pesquisa documental foram utilizadas para a coleta dos dados. Como resultados identificou-se um amplo espectro de possibilidades de contribuição da tecnologia da informação. De forma geral, estas possibilidades estão relacionadas à satisfação dos usuários, à qualidade dos processos documentais, à capacidade de aprender, inovar, e melhorar a gestão documental, e à otimização dos recursos financeiros da gestão documental e consequentemente da organização. Na universidade pesquisada, esta contribuição é parcial e incipiente. A maximização do apoio da tecnologia da informação ao desempenho da gestão documental depende de questões de natureza humana e social, além daquelas de ordem tecnológica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Sílvia Cintra Borges Morais, Universidade do Sul de Santa Catarina Programa de Pós-graduação em Administração

Sílvia Cintra Borges é Mestre em Administração pela Universidade do Sul de Santa Catarina (2017), especialista em Gestão em Arquivos pela Universidade Federal de Santa Maria (2010) e bacharel em Arquivologia pela Universidade Estadual Paulista (2007). Atualmente é arquivista da Universidade Federal de Santa Catarina. Tem experiência na área de Ciência da Informação, atuando nos seguintes temas: gestão da informação, administração pública e tecnologia da informação.

Clarissa Carneiro Mussi, Universidade do Sul de Santa Catarina Programa de Pós-graduação em Administração

Clarissa Carneiro Mussi é Doutora em Administração pela Universidade de São Paulo (USP), Mestre em Administração e Bacharel em Ciência da Computação pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Atualmente é professora do Programa de Pós-graduação em Administração da Universidade do Sul de Santa Catarina (UNISUL). Tem experiência como pesquisadora na área de administração, com ênfase em gestão do conhecimento, gestão da informação, gestão de sistemas de informação, gestão da tecnologia da informação. É integrante do grupo de pesquisa “Avaliação do Desempenho Organizacional” registrado no Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

Maurício Andrade de Lima

Maurício Andrade de Lima é Pós Doutor em Administração (Estratégia) pela UNINOVE (2018), tendo como tema de pesquisa Gestão Universitária e Teoria Institucional. Doutor em Engenharia de Produção pela UFSC (2003), Mestre em Engenharia de Produção pela UFSC (1999) e Especialista em Gestão e Liderança Universitária pela Universidade de Sherbrook Canadá / IGLU / OUI / UNISUL (2004), Graduado em Ciências Econômicas pela Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC (1992). Professor permanente e pesquisador do Programa de Pós-Graduação em Administração da Universidade do Sul de Santa Catarina (2011-2020). Pesquisador dos grupos: Gestão Estratégica de Projetos Educacionais, (2015 - atual/ UNINOVE); Gestão Educacional, (2020 - atual/IFSC); Grupo de Pesquisa em Desempenho Organizacional, (2013 - atual/Unisul) e Colaborador do Centro de Desenvolvimento Sustentável/Grupo de Pesquisa em Eficiência Energética e Sustentabilidade (2017 - atual/ GREENS); Membro do Núcleo Docente Estruturante da Graduação em Administração (NDE) da UNISUL (2012 - 2020). Atuou como Professor de graduação e especialização nas Faculdades SENAC, assim como Membro do Núcleo Docente Estruturante (NDE) da Graduação do curso de Processos Gerenciais (2010 - 2013). Tem interesse nos seguintes temas: Gestão Universitária, Avaliação e Desempenho Organizacional, Gestão Estratégica. Desenvolveu atividades na gestão da UNISUL. De 2001 a 2003 integrou a Assessoria de Planejamento Estratégico (ASPLAN); de 2004 a 2007 atuou como diretor da Unidade Norte da Ilha; de 2007 a 2008 como Analista Econômico-Financeiro da Direção do Campus Grande Florianópolis; de 2008 a 2009 como Controller da UNISUL; de 2009 a 2011 como Assessor Econômico-Financeiro Institucional (Reitoria).

Marli Dias de Souza Pinto, Universidade Federal de Santa Catarina Professora do Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação

Marli Dias de Souza Pinto é Professora Adjunto IV, do Programa de Pós Graduação em Ciência da Informação e, dos Cursos de graduação do DPTCIn/UFSC. Doutora em Engenharia de Produção (2003); Mestre em Administração (1999) e graduada em Biblioteconomia (1997) toda titulação obtida na Universidade Federal de Santa Catarina. Participa do Núcleo Docente Estruturante do curso de graduação em Biblioteconomia; é Integrante do Colegiado do curso de graduação em Administração- CSE/UFSC; Integra o Colegiado do curso de graduação em Biblioteconomia; faz parte da Comissão de Comunicação e Marketing da Biblioteca Universitária da UFSC. Líder do Grupo de Pesquisa Instituto Biblion/UFSC. Tem experiência na área de Ciência da Informação, atuando principalmente nos seguintes temas: Marketing da Informação; Gestão do Conhecimento, Gestão de Pessoas; Competência Profissional e Sustentabilidade em Unidades de Informação, Estudos de Usuários da informação e Gestão Organizacional. Faz parte do Banco de Avaliadores/ BASis Sinaes, desde 2006.

Downloads

Publicado

2020-04-06

Edição

Seção

Artigos