Análise da produtividade científica dos docentes da Universidade Estadual Paulista, câmpus de Marília

Autores

  • Rondinelli Donizetti Herculano

Palavras-chave:

Cienciometria, Indicadores de produção científica, Bibliometria

Resumo

Objetivo: O objetivo do presente trabalho foi analisar/quantificar a produtividade científica dos docentes pertencentes a Universidade de Estadual Paulista (UNESP), campus de Marília/SP. Métodos: Para cada professor, analisamos o número total de artigos (na plataforma Lattes), no ISI Web of Science, SCOPUS, livros publicados, capítulos de livros publicados e orientações em Programas de Pós-Graduação (PPG). Resultados: As análises dos nove departamentos da Faculdade de Filosofia e Ciências (FFC) mostrou que o Departamento de Ciências Políticas e Econômicas possui uma média elevada (21,42) de artigos na Plataforma Lattes comparado aos outros departamentos. Entretanto, o Departamento de Fonoaudiologia apresentaram médias mais altas em artigos indexados pelo ISI (2,61) e SCOPUS (4,39), bem como o índice-h nessas plataformas. Em relação aos programas de pós-graduação, o Departamento de Administração e Supervisão Escolar foi o que apresentou a maior média de orientações em andamento e/ou concluídas. Conclusão: os desempenhos ruins em relação a artigos publicados pelo ISI e SCOPUS pelos departamentos na área de Humanas/Humanidades é associado às características do campo da concentração e da cobertura limitada do banco de dados ISI e SCOPUS indicando que o índice-h é muito sensível ao campo de concentração.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2012-04-18

Edição

Seção

Artigos