Inteligência competitiva no contexto das empresas mineiras de artefatos de estanho

Autores

  • Paulo Henrique de Oliveira Instituto Federal de Minas Gerais - IFMG
  • Wagner Sade Instituto Federal de Minas Gerais - IFMG

Resumo

Investiga como as práticas da inteligência competitiva têm sido conduzidas pelas empresas mineiras de artefatos de estanho. Ao todo foram selecionadas 9 empresas, o que representou 90% da população das empresas de estanho operando na respectiva região. Os dados foram coletados por meio da aplicação de um questionário estruturado e analisados por meio das técnicas da estatística descritiva. Os resultados revelaram que a IC tem sido utilizada de maneira praticamente informal, especialmente nas empresas de menores portes analisadas. Observou-se, também, que os respectivos empresários compreendem que a IC é muito importante para o sucesso competitivos dos seus negócios, especialmente porque ajuda os seus gerentes a compreenderem melhor as necessidades dos seus clientes, na descoberta de novas oportunidades de negócios e no desenvolvimento de novos produtos, além do aumento da eficácia das estratégias competitivas utilizadas contra os seus concorrentes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Paulo Henrique de Oliveira, Instituto Federal de Minas Gerais - IFMG

Doutor em Administração (UFMG) Mestre em Engenharia de Produção (UFMG) Administrador (UFMG) Professor do Curso de Administração (IFMG) Coordenador de Relações Empresariais (IFMG)

Downloads

Publicado

2016-03-31

Edição

Seção

Artigos