Informação e movimentos sociais sob a perspectiva do campo social da Ciência da Informação: uma análise a partir da Marcha das Vadias

Autores

  • Ana Amélia Lage Martins

Resumo

Partindo do entendimento de que um traço distintivo da intervenção social protagonizada pelos movimentos sociais na contemporaneidade é a centralidade atribuída à informação e à comunicação nas lutas destinadas à transformação da sociedade, esta pesquisa, que se alinha à epistemologia social da Ciência da Informação, tem como objeto a informação produzida pelos “novos movimentos sociais”, cuja ação excedeu o escopo das relações de produção e se encaminhou para o universo da cultura. Voltando nosso olhar para o movimento feminista contemporâneo que objetiva uma alteração na ordem simbólica da realidade, a pesquisa buscou apreender a informação apresentada pela “Marcha das Vadias”, expressão brasileira do movimento global Slut Walk, em sete capitais do país, tendo em vista o “confronto simbólico” que ela opera, onde o que está em jogo são as significações conferidas ao real.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2016-05-16

Edição

Seção

Teses e Dissertações