Gestão da informação e do conhecimento no alinhamento estratégico em empresas de engenharia

Autores

  • Cláudio Roberto Magalhães Pessoa

Resumo

O objetivo deste trabalho circunscreve-se em analisar a relação existente entre o modelo de gestão de pessoas e a disponibilidade para o compartilhamento da informação. A relevância da temática se justifica pela importância que a informação, associada ao seu compartilhamento, tem dentro das organizações, além da relevância que as pessoas, portadoras de conhecimentos, possuem no ato da partilha e na construção de significados a partir dessas informações. A informação, nas organizações, pode ser compreendida como um lastro que suporta todos os fluxos decisórios e de execução, fazendo com que o compartilhamento da informação se torne ponto-chave nesse cenário, o que reforça o papel do ser humano como protagonista de tal processo. Como desenho metodológico optou-se por uma pesquisa descritiva e relacional, realizada por meio de um estudo de caso, utilizando-se de uma abordagem qualitativa que envolveu a realização de análise documental, entrevistas semiestruturadas e de grupos focal para o processo de coleta de dados. O contexto empírico da pesquisa se deu em uma instituição financeira, mais precisamente de uma Cooperativa de Crédito Singular, composta de 215 empregados, 1 Centro Administrativo (CAD) e 17 Postos de Atendimento Cooperativo (PACs), localizada na porção leste do estado de Minas Gerais. De uma forma geral, os dados apontam existir relação significativa entre o modelo de gestão de pessoas praticado, modelo Hard (estratégia de controle), e a disponibilidade para o compartilhamento da informação. Dentre outras constatações, os resultados confirmam os achados de pesquisas correlatas já realizadas no âmbito do compartilhamento da informação e apontam a variável confiança, tanto no âmbito formal quanto no âmbito informal, como pré-condição para o compartilhamento da informação, seja pessoal ou da organização. Este estudo também corrobora as afirmações de que o modelo de gestão de pessoas adotado influencia preponderantemente o comportamento dos empregados envolvidos no processo, ressignificando o papel do ser humano como ser pensante e dotado de interesses que podem levá-los a desenvolver um comportamento político utilizando de estratégias individuais de uso da informação para o desenvolvimento da carreira e para o alcance de seus objetivos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2018-02-19

Edição

Seção

Teses e Dissertações