. O objeto não fala por si só: o papel da mediação documentária nos acervos musealizados

Autores

  • Janine Menezes Y Ojeda

Resumo

Com base no conceito de musealização, a dissertação visa abordar reflexões acerca dotermo "mediação", com enfoque direcionado ao âmbito documentário, implícito no panorama museal contemporâneo. Em caráter predecessor, é desenvolvido um diálogo com as concepções de documento e museus do belga Paul Otlet (1868-1944), comumente conhecido como "Pai da Documentação". O estudo se encontra voltado à organização da informação, que se caracteriza como procedimento vital para a produção e circulação dos conteúdos documentários. Ao longo das seções, a abordagem envolve alguns aspectos diretamente ligados ao objeto musealizado, focado na influência da mediação e no redimensionamento do espaço documentário frente à produção de saberes gerados a partir do patrimônio museológico. Uma vez integrados ao campo nocional da Museologia por diferentes autores, os conceitos de musealização, de musealidade e de mediação se configuram como alicerces da pesquisa, no intuito de posicionar os conceitos de documento e documentação em museus e potencializar a comunicação dos conteúdos produzidos a partir das coleções museológicas. Nesse aspecto, considera-se o aporte de concepções contemporâneas, sobretudo de linha francesa, no que se refere à mediação e ao espaço documentário, que remetem à reflexão quanto a novas formas de conexão realizada pelos profissionais de museus em atendimento às demandas de uso da informação, transformando o usuário em agente ativo na construção de seu próprio conhecimento.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2018-02-19

Edição

Seção

Teses e Dissertações