Informação, patrimônio e memória: cultura e arte barroca em Ouro Preto

Autores

  • Neide Nativa

Resumo

Esta dissertação é o resultado de um estudo sobre o Curso de Especialização em Cultura e Arte Barroca (CECAB), oferecido pelo Instituto de Filosofia, Artes e Cultura (IFAC), da Universidade Federal de Ouro Preto. O objetivo da pesquisa é analisar e apreender o significado do curso, tendo como eixo sua memória institucional, e evidenciar a contribuição que deu ao campo do Patrimônio Cultural brasileiro, em termos de formação profissional e de produção de conhecimento científico. O aporte teórico está fundamentado em três pilares: a questão conceitual de Patrimônio e Cultura Barroca, ponto de partida para o entendimento do objeto da pesquisa; a constituição da Memória, como espaço de sedimentação do saber; e o papel (função) da Ciência da Informação, como espaço de construção e interlocução das narrativas da Memória. A metodologia, balizada na abordagem qualitativa e complementada pela abordagem quantitativa, consistiu na recuperação e análise de documentos arquivísticos e de produção acadêmica, agregando-se informações do corpo docente e do discente, coletadas por meio de entrevistas semiestruturadas e relatos orais. O desenvolvimento da pesquisa permitiu evidenciar o percurso histórico do CECAB, os impasses e desafios vivenciados, o corpo docente e o discente, o conteúdo programático, a produção de 200 monografias, das quais originaram pesquisas de mestrado, doutorado ou foram publicadas como livros, e a Revista do IFAC. Os resultados apontaram que o CECAB foi relevante e fundamental para a formação de especialistas e para a geração de novos conhecimentos em Cultura e Arte barroca, tornando-se estratégico e contributivo para o Patrimônio Cultural brasileiro. A pesquisa viabilizou, também, a reconstituição de parte da memória institucional do curso.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2018-02-20

Edição

Seção

Teses e Dissertações