Critérios de relevância e classificação política no discurso jornalístico internacional

  • Fernando Ewerton Fernandez Júnior Universidade Federal do Rio de Janeiro
Palavras-chave: relevância, jornalismo, classificação política, eleições presidenciais

Resumo

Na era do conteúdo indexado por ferramentas de busca na internet, agências de notícia transnacionais e veículos jornalísticos tradicionais em outras mídias continuam sendo importantes fornecedores de informação para bases de dados nos principais idiomas do planeta, seguindo seus próprios critérios de relevância na escolha do que, e como, informar. A fim de mapear as classificações políticas adotadas na cobertura da eleição presidencial brasileira de 2010, este artigo analisa termos presentes antes, depois ou em substituição ao nome dos quatro principais candidatos – Dilma Rousseff (PT), José Serra (PSDB), Marina Silva (PV) e Plínio de Arruda Sampaio (PSOL) – em 261 textos noticiosos, em inglês e espanhol, de quatro agências (AFP, AP, EFE e Reuters) e quatro veículos (as emissoras de TV BBC e CNN, e os jornais El País e The New York Times). A partir dos resultados, são traçados paralelos entre os critérios adotados pelas fontes jornalísticas ao atribuírem relevância às informações associadas a cada candidato e as generalizações de Tefko Saracevic (2009) sobre como usuários de sistemas de informação inferem relevância em processos de busca, sugeridas com base em 40 anos de estudos em Ciência da Informação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fernando Ewerton Fernandez Júnior, Universidade Federal do Rio de Janeiro

Jornalista, Bacharel em Comunicação Social pela PUC-Rio (1985), Mestre em Comunicação e Cultura pela UFRJ (1996), Doutor em Ciência da Informação pelo IBICT/ECO-UFRJ (2013). Professor Adjunto do Depto de Expressão e Linguagens da Escola de Comunicação da UFRJ.

Publicado
2020-07-14
Seção
Artigos