Biblioteca Pública, memória e educação patrimonial: a atuação interdisciplinar do bibliotecário e do turismólogo nos serviços educativos da Biblioteca Pública Benedito Leite

Autores

  • Maurício José Morais Costa Centro Universitário Unidade de Ensino Superior Dom Bosco, MA, Brasil
  • Kláutenys Dellene Guedes Cutrim Universidade Federal do Maranhão, MA, Brasil. https://orcid.org/0000-0002-8668-4188

Palavras-chave:

Patrimônio; Memória; Educação Patrimonial; Serviços Educativos; Biblioteca Pública Benedito Leite.

Resumo

Investigação que objetiva relatar a prática interdisciplinar do bibliotecário e do turismólogo nos serviços educativos, bem como suas contribuições para a preservação da memória e do patrimônio cultural ludovicense e maranhense. Trata-se de uma pesquisa exploratória, de abordagem qualitativa, cujo corpus empírico foi composto por duas turismólogas e uma bibliotecária. Fez uso de entrevistas semiestruturadas para analisar como os serviços são planejados, quais as ambições da instituição em sua realização, as expectativas, bem como os desdobramentos deles nas ações da Benedito Leite em São Luís e no Maranhão. Aborda patrimônio, educação patrimonial, memória, bibliotecas públicas mediante diálogo com autores como Schneider (2018), Choay (2006), Wichers (2011), Horta, Grunberg e Monteiro (1999), Silveira (2012; 2014), Pollak (1989; 1992), Milanesi (2013), Nora (1993), Almeida Júnior (2013; 1997), Candau (2016), Sousa (2015), Flusser (1983), Cardoso (2013), dentre outros. Constata que a Benedito Leite busca cumprir seu papel na sociedade maranhense para além das práticas e demandas comuns às bibliotecas públicas. Reforça que a sensibilidade e atuação interdisciplinar entre a bibliotecária responsável pela direção e as turismólogas da BPBL imprimem em seus setores para planejar e realizar os serviços ofertados pela instituição são fundamentais para que as missões das bibliotecas públicas sejam concretizadas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maurício José Morais Costa, Centro Universitário Unidade de Ensino Superior Dom Bosco, MA, Brasil

Mestre em Cultura e Sociedade. Docente do Centro Universitário Unidade de Ensino Superior Dom Bosco (UNDB).

 

Kláutenys Dellene Guedes Cutrim, Universidade Federal do Maranhão, MA, Brasil.

Doutora em Linguística e Língua Portuguesa pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP). Professora do Departamento de Turismo e Hotelaria da UFMA e professora permanente do Programa de Pós-Graduação em Cultura e Sociedade (PGCULT/UFMA).

Referências

ALMEIDA JÚNIOR, Oswaldo Francisco de. Bibliotecas públicas e bibliotecas alternativas. Londrina: Eduel, 1997.

ALMEIDA JÚNIOR, Oswaldo Francisco de. Biblioteca pública: avaliação de serviços. Londrina: Eduel, 2013. 297 p.

ALVES, Mirian Viana. Patrimônio cultural e políticas de cultura: o caso de São João da Barra/RJ. 2015. 102 f. Dissertação (Mestrado em Políticas Sociais) – Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro, Campo dos Goytacazes, Rio de Janeiro, 2015.

ARARIPE, Fátima Maria Alencar. O patrimônio cultural e seus significados. Transinformação, Campinas, v. 16, p. 2, p. 111-122, maio/ago. 2004.

ASSIS, Tainá Batista de. Perfil profissional do bibliotecário: atual e desejado. In: RIBEIRO, Anna Carolina Mendonça Lemos; FERREIRA, Pedro Cavalcanti Gonçalves. Bibliotecário do século XXI: pensando o seu papel na contemporaneidade. Brasília, DF: IPEA, 2018. p. 13-31.

CANDAU, Joel. Memória e Identidade. Tradução Maria Letícia Ferreira. São Paulo: Contexto, 2016. 221 p.

CARDOSO, Rosemary Aparecida. Arqueologia musealizada e educação patrimonial: caminhos e desafios da transmissão do conhecimento nos museus recifenses. 2013. 223 f. Dissertação (Mestrado em Arqueologia) – Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2013.

CHAVES, César Roberto Castro. Educação patrimonial no bairro do Desterro: estudos sobre os projetos de patrimonialização no Centro Histórico de São Luís – MA. 2012. 129 f. Dissertação (Mestrado em Cultura e Sociedade) – Universidade Federal do Maranhão, São Luís, 2012.

CHOAY, Françoise. A alegoria do patrimônio. Trad. Luciano Vieira Machado; São Paulo: Ed. UNESP, 2006.

DURBIN, G.; MORRIS, S.; WILKINSON, S. A teacher's guide to learning from objects. London: English 4358Heritage, 1990.

FEDERAÇÃO INTERNACIONAL DE ASSOCIAÇÕES E INSTITUIÇÕES BIBLIOTECÁRIAS. Manifesto da IFLA/UNESCO sobre bibliotecas públicas. Haia: IFLA, 1994. 2 p. Disponível em: https://archive.ifla.org/VII/s8/unesco/port.htm. Acesso em: 20 jan. 2019.

FELICIO, Joana Carla de Souza Matta. Serviço de Referência Educação (SRE) em Bibliotecas Universitárias: análise das práticas voltadas ao desenvolvimento da competência em informação de seus usuários. 2014. 223 f. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação) – Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2014.

FERNANDES, Simone Monteiro Silvestre. Ações de educação patrimonial em Ouro Preto – relato de experiência. Revista Memorare, Tubarão, v. 4, n. 1, p. 69-92, jan./abr. 2017.

FLORÊNCIO, Sônia Regina Rampim et al.Educação patrimonial: histórico, conceitos e processos. Brasília, DF: IPHAN, 2014. 65 p.

FLUSSER, Victor. A biblioteca como um instrumento de ação cultural. R. Esc. Bibliotecon. UFMG, Belo Horizonte, v. 12, n. 2, p. 145-169, set. 1983.

GOMES, Henriette Ferreira. A biblioteca pública e os domínios da memória, da mediação e da identidade social. Perspectivas em Ciência da Informação, v. 19, número especial, p. 151-163, out./dez. 2014.

GRIMALDI, Stephanie Sá Leitão. Memória da Ciência e da Tecnologia: preservação do Patrimônio Cultural Brasileiro. 2016. 160 f. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação) – Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2016.

GROGAN, Denis Joseph. A prática do serviço de referência. Brasília, DF: Briquet de Lemos Livros, 2007. 196 p.

HALBWACHS, Maurice. A memória coletiva. São Paulo: Centauro, 2006. 224 p.

HORTA, Maria de Lourdes Parreiras; GRUNBERG, Evelina, MONTEIRO, Adriane Queiroz. Guia Básico de Educação Patrimonial. Brasília: Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, Museu Imperial. 1999. 69p.

LE GOFF, Jacques. História e memória. 7. ed. rev. Campinas, SP: Editora UNICAMP, 2013. 504 p.

LEMOS, Carlos A. C. O que é patrimônio histórico. São Paulo: Editora Brasiliense, 1981.

LIMA, Leilane Patrícia de. A arqueologia e os indígenas na escola: um estudo de público em Londrina-PR. 2014. 295 f. Tese (Doutorado em Arqueologia) – Universidade de São Paulo, São Paulo, 2014.

MARTINS, Luciana Conrado. A constituição da educação em museus: o funcionamento do dispositivo pedagógico museal por meio de um estudo comparativo entre museus e artes plásticas, ciências humanas e ciência e tecnologia. 2011. 390 f. Tese (Doutorado em Educação) – Universidade de São Paulo, São Paulo, 2011.

MATOS, Alexandre Pena. Educação patrimonial no contexto arqueológico: reflexões acerca das práticas educacionais. 2017. 142 f. Tese (Doutorado em História) – Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2017.

MENDES, G. F. As contribuições das políticas culturais na formação da agenda pública para a gestão das bibliotecas públicas municipais. 2014. 163 f. Monografia (Especialização em Gestão Cultural) – Universidade Federal da Bahia, Salvador, 2014.

MILANESI, L. A casa da Invenção: Biblioteca Centro de Cultura. São Paulo: Ateliê, 2003. 271 p.

MILANESI, Luís. Biblioteca. 3. ed. São Paulo: Ateliê, 2013. 120 p.

NORA, Pierre. Entre memória e história: a problemática dos lugares. Revista Projeto História, São Paulo, v. 10, dez. 1993.

NORA, Pierre. Les lieux de mémoire. Paris: Quarto Gallimard, 1997. v.1-3.

OLIVEIRA, Lenora Azevedo de. Patrimônio Cultural, Memória e Identidade: um estudo etnográfico sobre processos de interação de atores humanos com monumentos cívicos. 2018. 217 f. Tese (Doutorado em Ciências Sociais) – Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2018.

PEREIRA, Cleyciane Cássia Moreira; CASTRO, César Augusto; RAMOS, Roseli de Oliveira. O imaginário sobre a Biblioteca Pública Benedito Leite: alguns aspectos. Folha de Rosto, Revista de Biblioteconomia e Ciência da Informação, v. 2, n. 1, p. 67-82, jan./jun. 2016.

PEREIRA, Marcio Rodrigo da Silva. Praça Deodoro, São Luís MA. Vitruvius, n. 239, p. 1-3, jun. 2020. Disponível em: https://vitruvius.com.br/revistas/read/minhacidade/20.239/7764. Acesso em: 27 ago. 2021.

PEREZ, Dolores Rodriguez. Abordagens do trabalho em equipe: a prática nas bibliotecas da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro. In: SEMINÁRIO DE INFORMAÇÃO EM ARTE, 4., 2015. Anais eletrônicos [...] Rio de Janeiro: REDARTE, 2015. 9 p. Disponível em: https://doity.com.br/media/doity/submissoes/artigo-4f8841191ed974031da9e40f47034c889f541f5a-arquivo.pdf. Acesso em: 03 nov. 2019.

POLLAK, Michael. Memória, esquecimento, silêncio. Estudos Históricos, Rio de Janeiro, v. 2, n. 3, p. 3-15, 1989.

POLLAK, Michael. Memória e identidade social. Estudos Históricos, Rio de Janeiro, v. 5, n. 10, p. 200-212, 1992.

ROCHA, Nathália Christine Garcez; BORGES, Débora Garreto. Práticas cotidianas no espaço público tombado:uma análise do complexo Deodoro de São Luís – Maranhão. Brazilian Journal of Development, Curitiba, v.7, n.2, p. 16740-16769, fev. 2021.

ROCHA, Raquel Peres. Patrimônio cultural imaterial de Itaituba/Pará. 2018. 168 f. Dissertação (Mestrado em História) – Pontifícia Universidade Católica de Goiás, Goiânia, 2018.

RODRIGUES, Marcia Carvalho. Memória, patrimônio, bibliotecas nacionais e a construção da identidade coletiva. Em Questão, Porto Alegre, v. 21, n. 2, p. 243-262, maio/ago. 2015.

RODRIGUES, Márcia Carvalho. Patrimônio documental nacional: conceitos e definições. RDBCI: Revista Digital de Biblioteconomia e Ciência da Informação, v. 14, n. 1, p. 110-125, fev. 2016.

SARLO, Beatriz. Tempo passado: cultura da memória e guinada subjetiva. São Paulo: Companhia das Letras, 2007. 136 p.

SCHNEIDER, Luiz Carlos. O Patrimônio Cultural a partir do estudo da paisagem: o caso de Santa Cruz do Sul (RS). 2018. 363 f. Tese (Doutorado em Planejamento Urbano e Regional) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2018.

SILVEIRA, Fabrício José Nascimento da. Biblioteca pública, identidade e enraizamento: elaborações intersubjetivas ancoradas em torno da Luiz de Bessa. 2014. 257 f. Tese (Doutorado em Ciência da Informação) – Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2014.

SILVEIRA, Fabrício José Nascimento da. Biblioteca pública, memória e discursos identitários: uma leitura sócio-histórica dos depoimentos colhidos pelo Projeto Memória Oral da Biblioteca Mário de Andrade (BMA). In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO, 13., 2012. Anais eletrônicos [...] Rio de Janeiro: IBICT, 2012. Disponível em: https://scholar.google.com/citations?view_op=view_citation&hl=en&user=9xVeSuAAAAAJ&citation_for_view=9xVeSuAAAAAJ:4DMP91E08xMC. Acesso em: 05 maio 2019.

SILVEIRA, Fabrício José Nascimento da; MOURA, Maria Aparecida. Biblioteca, Memória Institucional e Acesso Aberto à Informação: apontamentos teóricos e experiências desenvolvidas pela Universidade Federal de Minas Gerais. In: RIBEIRO, Anna Carolina Mendonça Lemos; FERREIRA, Pedro Cavalcanti Gonçalves (Org.). Biblioteca do século XXI: desafios e perspectivas. Brasília, DF: IPEA, 2016. p. 197-222.

SOUSA, Dora Susana Simões de. O serviço educativo em arquivos, bibliotecas, museus e centros de documentação: um estudo de casos implementados na Região de Aveiro. 2015. 163 f. Dissertação (Mestrado em Educação e Bibliotecas) –Universidade Portucalense, Porto, 2015.

SOUZA, Mariana Jantsch. A memória como matéria para uma identidade: apontamentos teóricos acerca das noções de memória e identidade. Revista Graphos, v. 16, n. 1, 2014.

SUAIDEN, Emir José. O papel da biblioteca pública na reconstrução da verdade. Ci. Inf., Brasília, DF, v. 47, n. 2, p. 143-152, maio/ago. 2018.

VIVEIROS, Jerônimo de. Benedito Leite: um verdadeiro republicano. São Luís: Academia Maranhense de Letras; Instituto Histórico e Geográfico do Maranhão, 1960. 340 p.

WICHERS, Camila Azevedo de Moraes. Patrimônio arqueológico paulista: proposições e provocações museológicas. 2011. Tese (Doutorado em Arqueologia) - Museu de Arqueologia e Etnologia, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2011.

Downloads

Publicado

2021-12-29

Edição

Seção

Artigos