Passagem de plantão, comunicação efetiva e o método SBAR, na percepção dos enfermeiros de uma unidade coronariana

Autores

DOI:

https://doi.org/10.35699/2316-9389.2022.39241

Palavras-chave:

Comunicação em Saúde, Segurança do Paciente, Enfermagem, Jornada de Trabalho em Turnos, Unidades de Terapia Intensiva

Resumo

Objetivo: Identificar as percepções dos enfermeiros de uma unidade coronariana sobre a relação entre a passagem de plantão, comunicação efetiva e o método SBAR. Método: Estudo descritivo exploratório com abordagem qualitativa que buscou identificar as percepções dos enfermeiros sobre a relação entre a passagem de plantão, a comunicação efetiva e o método SBAR na unidade de terapia intensiva no processo realizado entre os turnos de trabalho, com indicativos para a construção de um instrumento estruturado para orientar e conduzir a troca de turnos, com a participação de 12 enfermeiros de uma unidade intensiva coronariana. Os dados foram obtidos no período de janeiro a julho de 2020 por meio oficina presencial antes da pandemia, e questionários foram submetidos à análise temática. Resultados: Foram elencadas três categorias: Organização da passagem de plantão com enfermeiro e técnico de Enfermagem; Instrumentalização da passagem de plantão entre as equipes de Enfermagem; e Método SBAR na passagem de plantão, como base para a elaboração do instrumento de passagem de plantão. Evidenciou-se que a comunicação efetiva é um fator influenciador na passagem de plantão para a realização do cuidado de Enfermagem de forma continuada, evitando eventos adversos aos pacientes. Conclusão: Confirma-se que, estratégias envolvendo a gestão hospitalar, como instrumentalizar e capacitar a equipe que está na linha de frente da atividade do plantão, acrescentam e enriquecem o cuidado sistematizado e humanizado.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Organização Mundial da Saúde. Segurança do paciente. Genebra: OMS; 2017[citado em 2021 mar. 24]. Disponível em: https://www.who.int/patientsafety/patients_for_patient/PFPS_brochure_2013.pdf.

Organização Mundial da Saúde. Segurança do paciente. Geneva: OMS; 2009[citado em 2021 mar. 24]. Disponível em: https://www.who.int/patientsafety/taxonomy/icps_full_report.pdf?ua=1.

Agência Nacional e Vigilância Sanitária. Assistência Segura: uma reflexão teórica aplicada à prática. Brasília: ANVISA; 2017[citado em 2021 mar. 24]. Disponível em: https://proqualis.net/manual/assist%C3%AAncia-segura-uma-reflex%C3%A3o-te%C3%B3rica-aplicada-%C3%A0-pr%C3%A1tica

Schilling MCL. A comunicação e a construção da cultura de segurança do paciente: interfaces e possibilidades no cenário do hospital [tese]. Porto Alegre: Programa de Pós-Graduação em Comunicação Social da Pontifícia, Universidade Católica do Rio Grande do Sul; 2017. 217p.

Teodoro WR, Aquino LM. Análise do processo de passagem de plantão em uma unidade de internação pediátrica. REME-Rev Min Enferm. 2010[citado em 2021 mar. 24];14(3):316-26. Disponível em: http://www.reme.org.br/artigo/detalhes/122

Santos MC, Grilo A, Andrade G, Guimarães T, Gomes A. Comunicação em saúde e a segurança do doente: problemas e desafios. Rev Port Saúde Pública. 2010[citado em 2021 mar. 09];28(10):47-57. Disponível em: https://repositorio.ipl.pt/handle/10400.21/3120

Pereira TB, Brito CA, Pontes GC, Guimarães EMP. A passagem de plantão e a corrida de leito como instrumentos norteadores para o planejamento da assistência de Enfermagem. REME-Rev Min Enferm. 2011[citado em 2021 mar. 24];15(2):283-9. Disponível em: http://www.reme.org.br/artigo/detalhes/37

Silva MR, Rodovalho APN, Alves LR, Camelo SHH, Laus AM, Chaves LDP. Passagem de plantão em Enfermagem hospitalar: uma revisão integrativa. CuidArte Enferm. 2017[citado em 2021 mar. 09];11(1):122-30. Disponível em: http://www.webfipa.net/facfipa/ner/sumarios/cuidarte/2017v1/17%20Artigo_Passagem%20de%20plant%C3%A3o%20em%20enfermagem%20hospitalar.pdf

Lee P, Allen K, Darly M. A 'Communication and Patient Safety' training programme for all healthcare staff: can it make a difference? BMJ Qual Saf. 2012[citado em 2021 mar. 09];21(1):84-8. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/22101101.

Instituto de Cardiologia de Santa Catariana. Histórico. São José; 2007[citado em 2021 mar. 09]. Disponível em: http://icsc.saude.sc.gov.br/index.php?option=com_content&task=view&id=13&Itemid=28.

Minayo MCS, Deslandes SF, Gomes R. Pesquisa social: teoria, método e criatividade. 14ª ed. São Paulo: Hucitec; 2014.

Ministério da Saúde (BR). Conselho Nacional de Saúde. Resolução CNS nº 466/12. Diretrizes e normas regulamentadoras de pesquisas envolvendo seres humanos. Brasília: MS; 2012[citado em 2021 mar. 09]. Disponível em: https://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/cns/2013/res0466_12_12_2012.html

Silva MF, Anders JC, Rocha PK, Souza AIJ, Burciaga VB. Comunicação na passagem de plantão de Enfermagem: segurança do paciente pediátrico. Texto Contexto Enferm. 2016[citado em 2021 mar. 24];25(3):e3600015. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0104-07072016000300322&script=sci_abstract&tlng=pt

Jeremias SS. Instrutivo comunicacional para a transferência de pacientes no ambiente intrahospitalar [dissertação]. Florianópolis: Programa de Pós-Graduação Gestão do Cuidado em Enfermagem, Universidade Federal de Santa Catarina; 2019. 121p.

Schorr V, Sebold LF, Santos JLG, Nascimento KC, Matos TA. Passagem de plantão em um serviço hospitalar de emergência: perspectivas de uma equipe multiprofissional. Interface (Botucatu). 2020[citado em 2021 mar. 06];24:e190119. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1414-32832020000100215&script=sci_arttext

Nascimento JSG, Rodrigues RR, Pires FC, Gomes BF. Passagem de plantão como ferramenta de gestão para segurança do paciente. Rev Enferm UFSM. 2018[citado em 2021 mar. 08];8(2):544-59. Disponível em: https://periodicos.ufsm.br/reufsm/article/view/29412

Gonçalves MI, Rocha PK, Anders JC, Kusahara DM, Tomazoni A. Comunicação e Segurança do paciente na passagem de plantão em unidade de cuidados intensivos neonatais. Texto Contexto Enferm. 2016[citado em 2021 mar. 06];25(1):e2310014. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/tce/v25n1/0104-0707-tce-25-01-2310014.pdf

Rede Brasileira de Enfermagem e Segurança do Paciente. Estratégias para a segurança do paciente: manual para profissionais da saúde/ Rebraensp. Porto Alegre: EDIPUCRS; 2013. 132 p.

Báo ACP, Amestoy SC, Moura GMSS, Trindade LL. Indicadores de qualidade: ferramentas para a gestão das melhores práticas em saúde. Rev Bras Enferm. 2019[citado em 2021 mar. 18];72(2):360-6. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/reben/v72n2/pt_0034-7167-reben-72-02-0360.pdf

Arquivos adicionais

Publicado

29-06-2022

Como Citar

1.
Firmino JSC, Amante LN, Anders JC, Girondi JBR, Trombetta AP, Oliveira MC de, Henckemaier L. Passagem de plantão, comunicação efetiva e o método SBAR, na percepção dos enfermeiros de uma unidade coronariana. REME Rev Min Enferm. [Internet]. 29º de junho de 2022 [citado 4º de fevereiro de 2023];26. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/reme/article/view/39241

Edição

Seção

Pesquisa