Perfil sociodemográfico e clínico dos idosos atendidos em uma instituição filantrópica no interior de minas gerais

Autores

  • Juliana Nunes Costa Corgozinho Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri, Residência Multiprofissional em Saúde do Idoso, Diamantina MG , Brazil, Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - UFVJM, Residência Multiprofissional em Saúde do Idoso. Diamantina, MG - Brasil. http://orcid.org/0000-0002-7646-021X
  • Paulo Henrique da Cruz Ferreira Santa Casa de Caridade de Diamantina, Diamantina MG , Brazil, Santa Casa de Caridade de Diamantina. Diamantina, MG - Brasil. http://orcid.org/0000-0003-0851-2601
  • Thabata Coaglio Lucas Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri, Departamento de Enfermagem, Diamantina MG , Brazil, UFVJM, Departamento de Enfermagem. Diamantina, MG - Brasil. http://orcid.org/0000-0001-7850-8494

DOI:

https://doi.org/10.35699/2316-9389.2019.49770

Palavras-chave:

Assistência a Idosos, Saúde do Idoso Institucionalizado, Estudos Retrospectivos, Enfermagem

Resumo

Objetivo: determinar o perfil sociodemográfico e clínico dos idosos internados em uma instituição filantrópica no interior de Minas Gerais. Métodos: estudo documental, retrospectivo, descritivo, em que foram analisados os prontuários dos idosos internados no período de janeiro a outubro de 2017. O cálculo amostral foi realizado pelo teorema central dos limites, resultando em 400. Na análise de mediana utilizou-se a estatística não paramétrica de Mann-Whitney. Para a análise das variáveis categóricas usou-se o teste qui-quadrado de Pearson. Foi adotado de forma fixa o nível de significancia 5%. Quanto aos dados sociodemográficos, 35% dos idosos eram maiores de 80 anos, 52,7% do sexo masculino, 36% casados, 74,8% com comorbidades e 70,9% faziam uso de medicamentos. Resultados: a associação entre comorbidades e uso de medicamentos foi significativa (p=0,0002). Quanto aos dados clínicos, os principais diagnósticos de internação relacionavam-se ao sistema cardiovascular (26,8%), sendo a associação entre o diagnóstico de internação e a evolução clínica significativa (p<0,001). A taxa de reinternação foi de 42,5%. O tempo de permanencia prevaleceu entre um e 10 dias (79%) e a evolução clínica para a alta (74,8%) prevaleceu quando se comparou ao óbito (19,8%). A associação entre tempo de permanência e a evolução clínica foi significativa (p=0,005) Conclusão: este estudo pode gerar implicações positivas para a melhora da qualidade do atendimento dos idosos, uma vez que o perfil sociodemográfico e clínico desses pacientes possibilita a geração de indicadores de saúde, essenciais para a redução do tempo de internação, taxas de morbimortalidade e reinternações.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Pinheiro FM, Santo FHE, Chibante CLP, Pestana LC. Perfil de idosos hospitalizados segundo Virginia Henderson: contribuições para o cuidado em enfermagem. Rev Pesq Cuid Fund Online. 2016[citado em 2018 abr. 04];8(3):4789-95. Disponível em: http://www.seer.unirio.br/index.php/cuidadofundamental/article/view/4292/pdf

World Health Organization. Relatório Mundial de Envelhecimento e Saúde. 2015[citado em 2018 abr. 04]. Disponível em: http://apps.who.int/iris/bitstream/handle/10665/186468/WHO_FWC_ALC_15.01_por.pdf;jsessionid=84C8B49034361F8F570A818614337AFC?sequence=6

Mattison CA, Wilson MG, Wang RH, Waddell K. Evidence Brief: enhancing equitable access to assistive technologies in Canada. Hamilton: McMaster Health Forum; 8 June 2017[citado em 2018 abr. 04]. Disponível em: https://macsphere.mcmaster.ca/handle/11375/21914

Strom JB, Kramer DB, Wang Y, Shen C, Wasfy JH, Landon BE, et al. Short- term rehospitalization across the spectrum of age and insurance types in the United States. Plo Sone. 2017[citado em 2018 abr. 04];12(7):e0180767. Disponível em: http://journals.plos.org/plosone/article/file?id=10.1371/journal.pone.0180767&type=printable

Felix HC, Seaberg B, Bursac Z, Thostenson J, Stewart MK. Why do patients keep coming back? Resultsof a readmittedpatientsurvey. Social Work in Health Care. 2015[citado em 2018 abr. 04];54(1):1-15. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC4731880/pdf/nihms688641.pdf

Fernandes SF. Hospitalizações de idosos por condições sensíveis à atenção primária no Brasil. [dissertação]. Porto Alegre: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; 2015[citado em 2018 abr. 04]. Disponível em: http://repositorio.pucrs.br/dspace/bitstream/10923/7489/1/000472633-Texto%2bCompleto-0.pdf

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Coordenação de População e Indicadores Sociais. Estudos e pesquisas. Informação demográfica e socioeconômica. Síntese de indicadores sociais: uma análise das condições de vida da população brasileira. Rio de Janeiro: IBGE; 2015[citado em 2018 abr. 04]. Disponível em: https://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/livros/liv95011.pdf

Carvalho VL, Silva BMSD, Santos JST. Idosos hospitalizados: perfil clínico e caracterização do serviço de fisioterapia. Rev Enferm UFPE online. 2015[citado em 2018 abr. 04]; 9(9):9224-9. Disponível em: https://periodicos.ufpe.br/revistas/revistaenfermagem/article/view/10721

Rodrigues CC. Perfil e evolução clínica do idoso hospitalizado atendido nas unidades de internação de um hospital de ensino. [dissertação]. São José do Rio Preto: Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto; 2018[citado em 2018 abr. 04]. Disponível em: http://bdtd.famerp.br/bitstream/tede/386/2/camilacrodrigues_dissert.pdf

Veloso AST. Envelhecimento, saúde e satisfação: efeitos do envelhecimento ativo na qualidade de vida [dissertação]. Coimbra, PT: Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra-FEUC; 2015[citado em 2018 abr. 04]. Disponível em: https://estudogeral.sib.uc.pt/bitstream/10316/29711/1/Disserta%C3%A7%C3%A3o%20de%20Mestrado_Ana%20Veloso.pdf

Coutinho MLN, Samúdio MA, Andrade LM, Coutinho RN, Silva DMA. Perfil sociodemográfico e processo de hospitalização de idosos atendidos em um hospital de emergências. Rene. 2015[citado em 2018 abr. 04];16(6):908-1005. Disponível em: http://www.redalyc.org/pdf/3240/324043261020.pdf

Santana DF, Reis HFC, Ezequiel DJS, Ferraz DD. Perfil funcional, sociodemográfico e epidemiológico de idosos hospitalizados por fratura proximal de fêmur. Rev Kairós Gerontol. 2015[citado em 2018 abr. 04];18(1):217-34. Disponível em: file:///C:/Users/Juliana/Downloads/26111-68198-1-SM.pdf

Galvão EL, Bodevan EC, Santos DF. Análise da distribuição geográfica dos serviços de saúde no Vale do Jequitinhonha, Minas Gerais. Hygeia. 2015[citado em 2018 abr. 04];11(20):32-44. Disponível em: https://search.proquest.com/openview/220f784dfa9c38fb557adce275ce9869/1?pq-origsite=gscholar&cbl=2030864

Campos ACV, Ferreira EE, Vargas AMD, Gonçalves LHT. Perfil do envelhecimento saudável de idosos brasileiros octogenários. Rev Latino-Am Enferm. 2016[citado em 2018 abr. 04];24:1-11. Disponível em: http://www.redalyc.org/pdf/2814/281449727015.pdf

Corrao S, Santalucia P, Argano C, Djade CD, Barone E, Tettamanti M, et al. Gender-differences in disease distribution and outcome in hospitalized elderly: data from the REPOSI study. Eur J Int Med. 2014[citado em 2018 abr. 04];24(7):617-23. Disponível em: http://www.ejinme.com/article/S0953-6205(14)00199-X/pdf

Russo GT, Cosmo S, Viazzi F, Mirijello A, Ceriello A, Guida Pietro, et al. Diabetic kidney disease in the elderly: prevalence and clinical correlates. BMC Geriatr. 2018[citado em 2018 abr. 04];18(1):18-38. Disponível em: https://bmcgeriatr.biomedcentral.com/track/pdf/10.1186/s12877-018-0732-4

Negers A, Boddaert J, Mora L, Golmard JL, Moisi L, Cohen A, et al. Determinants of invasive strategy in elderly patients with non-ST elevation myocardial infarction. J Geriatr Cardiol. 2017[citado em 2018 abr. 04];14(7):465-72. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC5545189/pdf/jgc-14-07-465.pdf

World Health Organization. Demências. 2017[citado em 2018 abr. 04]. Disponível em: http://www.who.int/mediacentre/factsheets/fs362/es/

Jansen J, Mckinn S, Bonner C, Irwig L, Doust J, Glasziou Paul, et al. Systematic review of clinical practice guidelines recommendations about primary cardiovascular diseaseprevention for olderadults. BMC familypractice. 2015[citado em 2018 abr. 04];16(1):104. Disponível em: https://bmcfampract.biomedcentral.com/track/pdf/10.1186/s12875-015-0310-1

Raval AD, Zhou S, Wei W, Bhattacharjee S, Miao R, Sambamoorthi U. 30-day readmission among elderly Medicare beneficiaries with type 2 diabetes. Population health management. 2015[citado em 2018 abr. 04];18(4):256-64. Disponível em: https://www.liebertpub.com/doi/pdf/10.1089/pop.2014.0116

Souza AFL, Queiroz AAFLN, Oliveira LB, Moura LKB, Andrade D, Watanabe E, et al. Óbitos em idosos com infecção adquirida em Unidades de Terapia Intensiva. Rev Bras Enferm. 2017[citado em 2018 abr. 04];70(4):766-72. Disponível em: http://www.redalyc.org/pdf/2670/267052023010.pdf

Clancy U, Buyl O, Wieneke P, Carey B. 23 Profile of older patients admitted to the high dependency unit in a district hospital setting: a pilot study. Age Ageing. 2016[citado em 2018 abr. 04];45(1):6. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC4890381/pdf/afw024.23.pdf

Nunes BP, Soares MU, Wachs LS, Volz PM, Saes MO, Duro SMS, et al. Hospitalização em idosos: associação com multimorbidade, atenção básica e plano de saúde. Rev Saúde Pública. 2016[citado em 2018 abr. 04];51(43):1-10. Disponível em: http://www.redalyc.org/pdf/672/67249591042.pdf

Rafael H, Vieira MM. Experiência de autocuidado e identidade em idosos com DPOC: a casa enquanto espaço de segurança e ameaça. CIAIQ2016. 2016[citado em 2018 abr. 04];2:791-800. Disponível em: http://www.proceedings.ciaiq.org/index.php/ciaiq2016/article/view/824/810

Publicado

25-11-2019

Como Citar

1.
Corgozinho JNC, Ferreira PH da C, Lucas TC. Perfil sociodemográfico e clínico dos idosos atendidos em uma instituição filantrópica no interior de minas gerais. REME Rev Min Enferm. [Internet]. 25º de novembro de 2019 [citado 23º de maio de 2024];23(1). Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/reme/article/view/49770

Edição

Seção

Pesquisa

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)