Formação do enfermeiro para atuação na docência universitária

Autores

  • Letycia Sardinha Peixoto Manhães Universidade Federal Fluminense - UFF, Escola de Enfermagem Aurora de Afonso Costa, Programa Acadêmico de Pós-graduação Stricto Sensu em Ciências do Cuidado em Saúde, Niterói RJ , Brasil, Universidade Federal Fluminense - UFF, Escola de Enfermagem Aurora de Afonso Costa, Programa Acadêmico de Pós-graduação Stricto Sensu em Ciências do Cuidado em Saúde. Niterói, RJ - Brasil. http://orcid.org/0000-0003-4224-2158
  • Cláudia Mara de Melo Tavares Universidade Federal Fluminense - UFF, Escola de Enfermagem Aurora de Afonso Costa, Programa Acadêmico de Pós-graduação Stricto Sensu em Ciências do Cuidado em Saúde, Niterói RJ , Brasil, Universidade Federal Fluminense - UFF, Escola de Enfermagem Aurora de Afonso Costa, Programa Acadêmico de Pós-graduação Stricto Sensu em Ciências do Cuidado em Saúde. Niterói, RJ - Brasil. http://orcid.org/0000-0002-8416-6272

DOI:

https://doi.org/10.35699/2316-9389.2020.49989

Palavras-chave:

Docentes de Enfermagem, Ensino, Educação em Enfermagem, Educação Superior, Universidades, Educação de Pós-Graduação em Enfermagem

Resumo

Objetivo: o estudo objetivou desenvolver uma reflexão teórica acerca da formação docente do enfermeiro para atuar na docência universitária atrelada, a construção de competências pedagógicas na graduação e pós-graduação stricto sensu, assim como repensar o fazer da profissão. Método: estudo reflexivo, com aporte teórico das publicações recentes sobre o objeto de estudo e aporte epistemológico sob os construtos da professora Vilma de Carvalho subdivido em três eixos temáticos. Resultados: a prática pedagógica interessa à formação da consciência profissional, haja vista, ser a Enfermagem uma prática viva com seres humanos e suas subjetividades. A área do ensino é, atualmente, uma notável opção de inserção do enfermeiro no mercado de trabalho. E esta realidade propõe uma necessidade da formação desde a graduação, de competências para uma prática pedagógica transformadora capaz de habilitar este profissional para docência no ensino superior. E como principal caminho para essa formação apontou-se a pós-graduação stricto sensu, como estratégia para uma educação contemporânea, desde que viabilize ferramentas adequadas para o enfrentamento dos problemas no mundo do ensino e a qualificação necessária a profissão, ao sistema único de saúde e a comunidade. Conclusão: conclui-se que a Enfermagem traz na identidade profissional uma forte essência educativa, e dessa forma contribui na formação do enfermeiro para docência universitária desde que leve em consideração aspectos da formação generalista conforme as Diretrizes Curriculares Nacionais, mas também teorias inovadoras da educação, e juntas potencializem a formação pedagógica desde a graduação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Netto L, Silva KL, Rua MS. Reflective practice and vocational training: theoretical approaches in the field of Health and Nursing. Esc Anna Nery Rev Enferm. 2018[citado em 2020 mar. 24];22(1):e20170309. Disponível em: https://doi.org/10.1590/2177-9465-ean-2017-0309

Silva MCN, Frota MA, Moreira LC, Mendes IAC, Lopes Neto D, Freire NP, et al. Mestrado profissional em Enfermagem acordo de cooperação CAPES/COFEN: projeto inovador e transformador. Enferm Foco. 2019[citado em 2020 mar. 18];10(7):6-11. Disponível em: http://revista.cofen.gov.br/index.php/enfermagem/article/view/3175/593

Gatto JJR, Fortuna CM, Sousa LA, Santana FR. Nursing professor in higher education: time, money and resistance in the management vision. Texto Contexto Enferm. 2020[citado em 2020 mar. 19];29:e20180407. Disponível em: https://doi.org/10.1590/1980-265X-TCE-2018-0407

Scochi CGS, Ferreira MA, Gelbcke FL. The year 2017 and the four-yearly evaluation of the Stricto Sensu Graduate Programs: investments and actions to continued progress. Rev Latino-Am Enferm. 2017[citado em 2020 mar. 20];25:e2995. Disponível em: https://doi.org/10.1590/1518-8345.0000.2995

Carvalho V. Sobre a identidade profissional na Enfermagem: reconsiderações pontuais em visão filosófica. Rev Bras Enferm. 2013[citado em 2019 nov. 13];66(spe):24-32. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/S0034-71672013000700003

Carvalho V. Sobre conhecimento geral e específico: destaque substantivos e adjetivos para uma epistemologia da Enfermagem. Esc Anna Nery Rev Enferm. 2007[citado em 2019 nov. 13];11(2):337-42. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/S1414-81452007000200024

Carvalho V. Ethics and values in health care practice: philosophical, educational, and political considerations. Rev Esc Enferm USP. 2011[citado em 2020 jan. 13];45(spe2):1797-802. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/S0080-62342011000800028

Carvalho V. Por uma epistemologia do cuidado de Enfermagem e a formação dos sujeitos do conhecimento na área da Enfermagem - do ângulo de uma visão filosófica. Esc Anna Nery Rev Enferm. 2009[citado em 2020 jan. 13];13(2):406-14. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/S1414-81452009000200024

Vendruscolo C, Pozzebon A, Bender JW, Kloh D, Zocche DAA, Zanatta EA. Enfermeiro professor: limites e possibilidades da carreira docente. Rev Bras Ciênc Saúde. 2018[citado em 2019 fev. 20];22(2):95-100. Disponível em: https://dx.doi.org/10.22478/ufpb.2317-6032.2018v22n2.30927

Corrêa AK, Prebill GM, Ruiz JC, Souza MCBM, Santos RA. First-year student profile in the “bachelor’s degree with a teaching credential in nursing” program at a brazilian public university. Educ Rev. 2018[citado em 2019 nov. 14];34:e185913. Disponível em: https://dx.doi.org/10.1590/0102-4698185913

Peres AM, Rocha JR, Caveião C, Hipolito ACL, Mantovani MF. Teaching strategies in undergraduation in nursing: a descriptive study. Cogitare Enferm. 2018[citado em 2020 mar. 21];23(4):e55543. Disponível em: http://dx.doi.org/10.5380/ce.v23i4.55543

Gutiérrez MGR, Barros ALBL, Barbieri M. Follow-up of former postgraduate students of a postgraduate nursing program. Acta Paul Enferm. 2019[citado em 2020 mar. 21];32(2):129-38. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/1982-0194201900019

Farias MS, Brito LLMS, Santos AS, Guedes MVC, Silva LF, Chaves EMC. Reflections on knowledge, knowing-how and how to behave in nursing training. REME - Rev Min Enferm. 2019[citado em 2019 dez. 12];23:e-1207. Disponível em: http://www.dx.doi.org/10.5935/1415-2762.20190055

Rodrigues MTP, Mendes SJAC. Obstáculos didáticos no cotidiano da prática pedagógica do enfermeiro professor. Rev Bras Enferm. 2008[citado em 2019 out. 01];61(4):435-40. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/S0034-71672008000400006

Santos RMM, Santos AR, Sales AS, Pinto LLT, Vilela ABA, Yarid SD. Expansão da pós-graduação no Brasil e o processo de implantação do doutorado em Enfermagem e saúde no Sudoeste da Bahia. Enferm Actual Costa Rica. 2019[citado em 2020 mar. 21];(36):139-50. Disponível em: https://doi.org/10.15517/revenf.v0i36.33647

Publicado

17-08-2020

Como Citar

1.
Manhães LSP, Tavares CM de M. Formação do enfermeiro para atuação na docência universitária. REME Rev Min Enferm. [Internet]. 17º de agosto de 2020 [citado 23º de maio de 2024];24(1). Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/reme/article/view/49989

Edição

Seção

Artigo de Reflexao

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

Artigos Semelhantes

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.