As moradas do tempo

arquitetura

Autores

  • Carlos Antônio Leite Brandão Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG

DOI:

https://doi.org/10.35699/2316-770X.2016.2759

Palavras-chave:

Arquitetura, Tempo, História, Espaço, Temporalidade

Resumo

As obras de arquitetura não projetam apenas espaços, mas também o tempo. Por meio delas articulamos nossa noção do tempo e nossa relação com ele de vários modos. A parte central deste artigo exemplifica isso em diferentes períodos, a começar pelo Egito Antigo. Como constituímos nossa temporalidade entre aquilo que passa e aquilo que permanece, sua conclusão alerta para a necessidade de instaurarmos referências de permanência e solidez num mundo cada vez mais marcado pelo efêmero e pelo instável. Essa é uma das tarefas principais exigidas atualmente da arquitetura, um dos poucos lugares capazes de instaurar tais referências.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Carlos Antônio Leite Brandão, Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG

Professor Titular da Escola de Arquitetura da Universidade Federal de Minas Gerais.

Referências

ALBERTI, Leon Battista. I libri della famiglia (a cura di Ruggiero Romano e Alberto Tenenti). Torino: Einaudi, 1969.

ARENDT, Hannah. A condição humana. Trad. Roberto Raposo. Rio de Janeiro: ForenseUniversitária, 1987.

ARGAN, Giulio Carlo. Projeto e destino. Trad. Marcos Bagno. São Paulo: Ática, 2001.

ARGAN, Giulio Carlo. Storia dell’arte italiana. Firenze: Sansoni, 1992.

BOSI, Ecléa. Lembrança de Velhos. São Paulo: TA Queiroz.

BRANDÃO, Carlos Antônio Leite Brandão. A formação do homem moderno vista através da arquitetura. Belo Horizonte: UFMG, 1999.

BRANDÃO, Carlos Antônio Leite. Arquitetura: habitação do tempo. Design interiores. São Paulo, RAL, ano 7, 1993. n. 37.

BRANDÃO, Carlos Antônio Leite. Quid tum? O combate da arte em Leon Battista Alberti. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2000.

DOMINGUES, Ivan. O fio e a trama. Belo Horizonte: Editora UFMG; São Paulo: Iluminuras, 1996.

DURKHEIM, Émile. As formas elementares da vida religiosa. Trad. Carlos Alberto Ribeiro de Moura. São Paulo: Abril Cultural, 1983. (Os pensadores).

HEIDEGGER, Martin. Construir, habitar, pensar. In: CHOAY, Françoise (org.). O urbanismo. Trad. Dafne Nascimento Rodrigues. São Paulo: Perspectiva, 1962.

NORBERG-SCHULZ, Christian. Meaning in western architecture. New York: Rizzoli, 1983.

Downloads

Publicado

2017-06-05

Como Citar

LEITE BRANDÃO, C. A. As moradas do tempo: arquitetura. Revista da Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, v. 23, n. 1 e 2, p. 110–133, 2017. DOI: 10.35699/2316-770X.2016.2759. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/revistadaufmg/article/view/2759. Acesso em: 31 jan. 2023.

Edição

Seção

Artigos