O urbano pós-pandemia

ensaio sobre as contradições da produção e apropriação capitalista do espaço sob a crise sanitária da COVID-19 no Brasil

Autores

  • Higor Carvalho Universidade de Genebra (Unige)
  • Profa. Dra. Marcia Hirata Universidade Federal de São João Del Rey (UFSJ)
  • Carolina Laiate Universidade de São Paulo (USP)

DOI:

https://doi.org/10.35699/2316-770X.2021.32850

Palavras-chave:

Produção do espaço urbano, Pandemia, Sociedade pós-pandêmica

Resumo

A crise sanitária e de saúde pública evidenciada pela pandemia da covid-19 se expressa também como esgotamento do modelo de desenvolvimento e de produção do espaço vigente. Repensar esse modelo de produção apresenta-se como condição para conter o surgimento de novas epidemias globais. Neste ensaio, apoiados em teses desenvolvidas por Lefebvre, Harvey, entre outros, observamos a crise presente no urbano sob a pandemia e a movimentação dos agentes da produção do espaço, para vislumbrar cenários hipotéticos sobre o futuro do urbano. Prospectamos, neste exercício teórico, que a distopia do e no urbano resultará da associação de transformações recentes do capitalismo com contradições intensificadas trazidas pela pandemia. Por outro lado, a luta social organizada pode assumir um papel de resistência a este cenário.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Higor Carvalho, Universidade de Genebra (Unige)

Doutorando no departamento de Geografia da Universidade de Genebra.

Profa. Dra. Marcia Hirata, Universidade Federal de São João Del Rey (UFSJ)

Professora Adjunta na Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal de São João del Rey.

Carolina Laiate, Universidade de São Paulo (USP)

Arquiteta e Mestranda em Geografia Humana na Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (USP).

Referências

ALMEIDA, C. BATISTA, H.G. Possibilidade de manter home office após a pandemia valoriza imóveis fora dos grandes centros. O Globo, 28.jul.2020.

BENSENOR, Isabela Martins; LOTUFO, Paulo Andrade. Some lessons from the COVID-19 pandemic virus. São Paulo Med. J., São Paulo , v. 138, n. 3, p. 174-175, June 2020.

BOLAFFI, G.. Habitação e Urbanismo: o problema e o falso problema. In: MARICATO, E.. (Org.) A produção capitalista da casa (e da cidade) no Brasil industrial. São Paulo, Editora Alfa-Ômega, 1982. P. 37-70.

BONDUKI, Nabil. Origens da habitação Social no Brasil: arquitetura moderna, Lei do Inquilinato e difusão da casa própria. São Paulo: Estação Liberdade, 1998, 344 p.

CARLOS, A.F.A. Espaço-tempo na metrópole. São Paulo: Contexto, 2001. 368 páginas.

CARLOS, A.F.A; VOLOCHKO, D; ALVAREZ, I.P (orgs). A cidade como negócio. São Paulo: Contexto, 2015.

CARVALHO, H. Habitação social no Brasil e no México: notas sobre transformações na forma de produção de mercado da moradia. [Dissertação de Mestrado]. São Paulo, Universidade de São Paulo, Faculdade de Arquitetura e Urbanismo, 2016.

CARVALHO, I. Superexplorados em plena pandemia, entregadores de aplicativos marcam greve nacional. Brasil de Fato: São Paulo, 16.jun.2020.

DATA FAVELA. Coronavírus nas favelas. São Paulo: CUVA e LOCOMOTIVA, 2020.

DUSMÉNIL, G; LÉVY, D. O neoliberalismo sob hegemonia norte-americana. In: CHESNAIS, F. A finança mundializada. São Paulo: Boitempo, 2005.

ESTADÃO. Pandemia e home office colocam em xeque modelo de escritórios. Invest News, 20.jul.2020.

FRENCH-DAVIS, Capitales golondrina, estabilidad y desarrollo. In: Estudios Internacionales, 1996.

FIX, M. Financeirização e transformações recentes no circuito imobiliário no Brasil. Tese (Doutorado) - Instituto de Economia, Universidade Estadual de Campinas, 2011.

FUNDAÇÃO JOÃO PINHEIRO. Déficit Habitacional no Brasil - 2015. Belo Horizonte: FJP 2018.

GORTÀZAR, N.G. Paraisópolis, uma favela contra o vírus. El País: 04.out.2020. Disponível em: <https://brasil.elpais.com/brasil/2020/09/28/eps/1601301353_524719.html>. Acesso em: 15.out.2020.

HARVEY, D. The urban process under capitalism. International Journal of Urban and Regional Research , 2, pp. 101-131. 1978

HARVEY, D. O trabalho, o capital e o conflito de classes em torno do ambiente construído nas sociedades capitalistas avançadas. In: Espaço & Debates, São Paulo, n. 06, ano II, 1982, p.06-35. 1982.

HARVEY, D. A brief history of Neoliberalism. Nova York: Oxford University Press.2005.

IBGE, 2020. PNAD-COVID. https://covid19.ibge.gov.br/pnad-covid/trabalho.php

JURADO, M.T.F. Racismo Estrutural. In: Brasil de Direitos, 26.ago.2019. Acesso em 30.ago.2020. Disponível em: https://www.brasildedireitos.org.br/

KOWARICK, L. Espoliação urbana, lutas sociais e cidadania: fatias de nossa história recente. In Espaço & Debates. São Paulo, Núcleo de Estudos Regionais e Urbanos, 1981. p. 105 a 113.

LACERDA, N. Movimentos lançam campanha por despejo zero durante a pandemia. Brasil de Fato, 23.07/2020.

LEFEBVRE, H. O Direito à Cidade. Trad. R.E.Frias. São Paulo: Centauro, 2001.

LEFEBVRE, H. Espace et politique. Paris: Antropos, 1972.

MADEIRA, P. Despejos na pandemia deixam mais de 9 mil famílias expostas à doença. Projeto Colabora, 18.mar.2021.

MBEMBE, A. (2016). Necropolítica. In: Arte & Ensaios, Revista do Programa de Pós Graduação em Artes Visuais, Universidade Federal do Rio de Janeiro, n. 32, dezembro 2016.

MELLO, D. Movimentos de moradia denunciam à ONU remoções durante a pandemia. Agência Brasil, 26.jun.2020.

MENDONÇA, P. SANTORO, P. ROLNIK, R. Saldão COVID-19 para o mercado imobiliário!. São Paulo, abril.2020. Acesso em: 15.mai.2020. Disponível em: <http://www.labcidade.fau.usp.br/saldao-COVID-19-para-o-mercado-imobiliario/>.

MIELE, S. A., O lugar dos investimentos imobiliário-financeiros na reprodução capitalista da Metrópole de São Paulo. In: Diez años de cambio en el Mundo, Actas del X Coloquio Internacional de Geocrítica, Barcelona, Universidad de Barcelona, 26-30.mai.2008.

O GLOBO. Com pandemia, cresce procura por uma casa no campo. O Vale, 19.abr.2020.

PEREIRA, P. C. X. (org.). Negócios Imobiliários e transformações sócio-territoriais em cidades da América Latina. São Paulo: FAUUSP, 2011.

PEREIRA, P. C. X. A reprodução do capital no setor imobiliário e a urbanização contemporânea: o que fica e o que muda. In: ______ Reconfiguração das cidades contemporâneas: contradições e conflitos. São Paulo: FAUUSP, 2016.

ROLNIK, R. A cidade e a lei: legislação, política urbana e territórios na cidade de São Paulo. São Paulo: Studio Nobel, 1997.

ROLNIK, R. Guerra dos lugares: a colonização da terra e da moradia na era das finanças. São Paulo: Boitempo, 2019.

ROYER, L. Financeirização da política habitacional: limites e perspectivas. 2009. Tese (Doutorado em Habitat) - Faculdade de Arquitetura e Urbanismo, Universidade de São Paulo.

RUFINO, M.B.C. Incorporação da Metrópole: centralização do capital no imobiliário e nova lógica de produção do espaço de Fortaleza. Tese (Doutorado em Habitat) - Faculdade de Arquitetura e Urbanismo, Universidade de São Paulo.

SANTANA, Pablo. Como a pandemia de coronavírus pode impulsionar o êxodo urbano no futuro. Infomoney, 11.jun.2020.

TOLEDO, L. iFood, Uber Eats e Rappi: qual o futuro dos aplicativos de delivery no mercado de alimentação? InfoMoney. 11.ago.2020. Disponível em: <https://www.infomoney.com.br/negocios/ifood-uber-eats-e-rappi-qual-o-futuro-dos-aplicativos-de-delivery-no-mercado-de-alimentacao/> . Acesso em: 18.ou.2020.

TONE, Beatriz Bezerra. Notas sobre a valorização imobiliária em São Paulo na era do capital fictício. 2010. 158 pag. Dissertação de mestrado em Habitat – Faculdade de Arquitetura e Urbanismo, Universidade de São Paulo, São Paulo.

United Nations, Department of Economic and Social Affairs, Population Division (2018). World Urbanization Prospects: The 2018 Revision, Online Edition.

UFMG. Disponível em: https://www.medicina.ufmg.br/populacao-negra-e-mais-vulneravel-ao-novo-coronavirus/. Acesso em: 10.jul.2020

VAZ, L.F. Notas sobre o Cabeça de Porco. Revista Rio de Janeiro, 1, 2, jan.-abr.: 29-35 (1986).

VILLAÇA, F. Espaço intra-urbano no Brasil. São Paulo: Studio Nobel: FAPESP: Lincoln Institute, 2001.

WHO - WORLD HEALTH ORGANIZATION. WHO Coronavirus (Covid19) Dashboard. Disponível em <https://covid19.who.int/table>. Acesso em: 12.mar.2021.

Downloads

Publicado

2022-07-28

Como Citar

CARVALHO, H.; HIRATA, M.; LAIATE, C. O urbano pós-pandemia: ensaio sobre as contradições da produção e apropriação capitalista do espaço sob a crise sanitária da COVID-19 no Brasil. Revista da Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, v. 28, n. 2, p. 414–445, 2022. DOI: 10.35699/2316-770X.2021.32850. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/revistadaufmg/article/view/32850. Acesso em: 2 dez. 2022.

Edição

Seção

Urbanismo