Destino mineral

a montanha e sua ausência em Drummond, Souzanetto e Villa-Lobos

Autores

  • Joao Pedro Carvalho Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)

DOI:

https://doi.org/10.35699/2316-770X.2022.37752

Palavras-chave:

Drummond, Poesia, Literatura brasileira, Villa-Lobos, Souzanetto

Resumo

A ausência é tema recorrente na obra de Carlos Drummond de Andrade, poeta que evocou a transformação do espaço para elaborar sobre temas como a melancolia e a solidão. Propõe-se, então, observar como a montanha (enquanto espaço físico ou simbólico), assim como sua ausência, orienta a criação artística e determina a percepção de um eu no mundo. Para além de Drummond, selecionamos outras obras que abordam elementos minerais — como a Sinfonia No. 6, de Villa-Lobos e o postal O lugar da ausência, de Souzanetto — a fim de propor vínculos entre poesia, artes visuais e música e elaborar considerações sobre a montanha e seu vazio em diferentes formas expressivas. A partir das relações entre as obras mencionadas, este artigo sugere o ideal de transformação, recomeço ou reconstrução na arte nacional como forma de apreensão dos câmbios do espaço e da vida.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Joao Pedro Carvalho, Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)

Doutorando em Estudos Literários (Literatura Brasileira) pela Universidade Federal de Minas Gerais.

Referências

ANDRADE, Carlos Drummond de. Antologia Poética. Rio de Janeiro: Editora Record, 1993.

______. Claro Enigma. São Paulo: Companhia das Letras, 2020a.

______. Confissões de Minas. São Paulo: Companhia das Letras, 2020b.

______. Corpo. São Paulo: Companhia das Letras, 2005.

______. Sorriso crispado (ou o depoimento do homem de Itabira). Revista Acadêmica, ago. 1938.

______. Uma forma de saudade. São Paulo: Companhia das Letras, 2019.

BARTHES, Roland. O Grão da Voz. São Paulo: Martins Fontes, 2004.

BOLÍVAR, Simón. Mi delirio sobre el Chimborazo. El Libertador: Writings of Simón Bolívar. Estados Unidos da América: Oxford University Press, 2003, p. 135-136.

CANDIDO, Antonio. Da Vingança. In: Tese e Antítese. São Paulo: Companhia Editora Nacional, 1971, p. 3-28.

DE MARCO, Valéria. A Literatura de Testemunho e a Violência de Estado. Lua Nova: revista de cultura e política, n. 62, p. 45-68, 2004.

NAVA, Pedro. Beira-Mar. Cotia-SP: Ateliê Editorial, 2003.

PAMPLONA, João Batista; CACCIAMALI, Maria Cristina. A maldição dos recursos naturais: atualizando, organizando e interpretando o debate. Economia e Sociedade, Campinas, v. 27, n.1, p. 129-159, abr. 2017.

PASCAL, Vincent. Music: Chorus in Manhattan. Time Magazine, Estados Unidos da América, n.p, out. de 1940. Disponível em: < http://content.time.com/time/subscriber/article/0,33009,764898,00.html >. Acesso em: 22 de dez. de 2021.

TODOROV, Tzvetan. Poética da prosa. Tradução de Valéria Pereira da Silva. São Paulo: Editora Unesp, 2019.

VIEIRA, Antonio. Sermões de Quarta-feira de Cinza. Campinas: Editora Unicamp, 2020.

WISNIK, José Miguel. Maquinação do Mundo. 1. ed. São Paulo: Companhia das Letras, 2018.

Downloads

Publicado

2022-08-01

Como Citar

CARVALHO, J. P. Destino mineral: a montanha e sua ausência em Drummond, Souzanetto e Villa-Lobos. Revista da Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, v. 29, n. 2, p. 143–161, 2022. DOI: 10.35699/2316-770X.2022.37752. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/revistadaufmg/article/view/37752. Acesso em: 7 fev. 2023.

Edição

Seção

Artigos