VIVÊNCIAS DE EDUCAÇÃO EM SAÚDE COM ADOLESCENTES EM UMA ESTAÇÃO DA JUVENTUDE

UM RELATO DE EXPERIÊNCIA

Autores

Palavras-chave:

Enfermagem em Saúde Comunitária; Educação em Saúde; Adolescente

Resumo

Neste artigo, descreve-se o programa educativo aplicado junto aos adolescentes em uma Estação da Juventude a partir de vivências extensionistas de Enfermagem. Trata-se de um estudo descritivo, com abordagem qualitativa do tipo relato de experiência, realizado em uma Estação da Juventude. Implementaram-se abordagens grupais sobre: afetividade; infecções sexualmente transmissíveis; saúde mental; cultura de paz; dados antropométricos; alimentação; circuito psicomotor; saúde bucal; valores éticos e morais; e o Estatuto da Criança e do Adolescente. O relato de experiência ocorreu mediante observação e descrição das ações. Realizaram-se ações extensionistas em 12 intervenções com 15 adolescentes, sendo 9 (60%) deles do sexo feminino e 6 (40%) do sexo masculino, com faixa etária de 11 a 17 anos. Inferiu-se aprendizado significativo acerca dos condicionantes em saúde e aperfeiçoamento dos conhecimentos técnico-científicos em face da educação em saúde como estratégia de cuidado. O programa educativo oportunizou a compreensão acerca dos fatores biopsicossociais relacionados ao autocuidado em saúde. Assim, sugere-se mais ações de intervenção e estudos com avaliações de efetividade desses programas educativos em saúde.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Manoelise Linhares Ferreira Gomes, Universidade Estadual do Ceará

Enfermeira. Mestranda em Saúde Coletiva pela Universidade Estadual do Ceará (UECE).

Aline Ávila Vasconcelos, Universidade Estadual do Ceará

Enfermeira. Doutoranda em Saúde Coletiva pela Universidade Estadual do Ceará (UECE).

Jade Maria Albuquerque de Oliveira, Universidade Estadual Vale do Acaraú

Enfermeira. Docente do curso de Enfermagem da Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA).

Isabelle Frota Ribeiro Queiroz, Universidade Federal do Ceará

Enfermeira. Mestranda em Saúde da Família pela Universidade Federal do Ceará (UFC).

Lívia Moreira Barros, Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira

Doutora em Enfermagem. Docente do curso de Enfermagem da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (UNILAB).

Referências

Akca, S. O.; Yuncu, O.; Aydin, Z. (2018). Estado mental e probabilidade de suicídio de jovens: um estudo transversal. Revista da Associação Médica Brasileira, 64(1), 32-40. https://doi.org/10.1590/1806-9282.64.01.32.

Assunção, M. L. B.; Silva, C. T. S.; Alves, C. A. M.; Espíndola, M. M. M. (2020). Educação em saúde: a atuação da enfermagem no ambiente escolar. Revista de Enfermagem UFPE, 14, e243745. https://doi.org/10.5205/1981-8963.2020.243745.

Assunção, W. C.; Silva, J. B. F. (2019). Aplicabilidade das técnicas de terapia cognitivo-comportamental no tratamento de depressão e ansiedade. Revista Educação, Psicologia e Interfaces, 3(1), 77-94. https://doi.org/10.37444/issn-2594-5343.v3i1.113.

Baldoino, L. S.; Silva, S. M. N.; Ribeiro, A. M. N.; Ribeiro, E. K. C. (2018). Health education for adolescents in the school context: a related experience. Revista de Enfermagem UFPE, 12(4), 1161-1167. https://doi.org/10.5205/1981-8963-v12i4a230656p1161-1167-2018.

Campos, S. M. G.; Costa, M. G. A.; Ferreira, M.; Ribeiro, O. P.; Costa, S.; Duarte, J.; Martins, R.; Albuquerque, C. (2020). Avaliação de programa sobre identificação de emoções por alunos do ensino básico. Acta Paulista de Enfermagem, 33, e-APE 20190049. https://doi.org/10.37689/acta-ape/2020AO0049.

Castro Júnior, A. R.; Oliveira, M. A.; Silva, M. R. F. (2019). Promovendo Educação em Saúde com adolescentes: estratégia didática e experiência discente. Revista Saúde em Redes, 5(2), 175-184. https://doi.org/10.18310/2446-4813.2019v5n2p175-184.

Cavalcante, F. M. L.; Sousa, F. W. M.; Oliveira, I. K. M.; Amaral, H. R. M.; Rosa, B. S. C.; Gomes, J. S.; Aragão, J. M. N.; Vasconcelos, M. I. O. (2019). Atividades de extensão universitária: um olhar para promoção da saúde do adolescente. Revista Saúde em Redes, 5(3), 305-315. https://doi.org/10.18310/2446-4813.2019v5n3p305-315.

Cheng, L. A.; Mendonça, G.; Lucena, J. M. S.; Rech, C. R.; Farias Júnior, J. C. (2020). A associação entre variáveis sociodemográficas e níveis de atividade física em adolescentes é mediada por apoio social e autoeficácia? Jornal de Pediatria, 96(1), 46-52. https://doi.org/10.1016/j.jped.2018.08.003.

Costa, I. K. F.; Dantas, R. A. N.; Dantas, D. V.; Nascimento, J. C. P.; Costa, R. A. G. F.; Torres, G. V. (2018). Utilização da tecnologia no ensino a distância em suporte básico de vida. Revista Brasileira de Inovação Tecnológica em Saúde, 8(2), 67-77. https://doi.org/10.18816/r-bits.v8i1.15558.

Costa, L. D.; Camera, D. T.; Zeferino, A. M.; Kalinoski, A.; Trevisan, M. G.; Zonta, F. N. S. (2020). Análise da vulnerabilidade entre estudantes da rede pública e privada. Revista de Saúde Pública, 3(1), 108-119. https://doi.org/10.32811/25954482-2020v3n1p108.

Freitas, B. H. B. M.; Silva, F. B.; Jesus, J. M. F.; Alencastro, M. A. B. (2019). Práticas educativas da hanseníase com adolescentes: revisão integrativa da literatura. Revista Brasileira de Enfermagem, 72(5), 1397-1404. https://doi.org/10.1590/0034-7167-2017-0458.

Gonçalves, B. R.; Brito, S. S.; Moraes, J. R. S.; Dias, D. A. S.; Santos, F. C.; Salvador, J. C.; Vieira, M. L. (2020). Educação em saúde para crianças e adolescentes como sujeitos de direitos e prioridades nas políticas públicas: um relato de experiência. Brazilian Journal of Development, 6(7), 4537-4547. https://doi.org/10.34117/bjdv6n7-175.

Luzia, F. J. M.; Mendonça, J. A.; Gomes, M. I. P.; Castro, M. M. F. S.; Souza, L. S. X.; Brito, D. S. C. F.; Silva, F. B. B.; Brasil, E. G. M. (2020). Educação em saúde como estratégia para a promoção do cuidado ao binômio Mãe-Filho em alojamento conjunto. Brazilian Journal of Development, 6(7), 43361-43370. https://doi.org/10.34117/bjdv6n7-087.

Masson, L. N.; Silva, M. A. I.; Andrade, L. S.; Gonçalves, M. F. C.; Santos, B. D. (2020). A educação em saúde crítica como ferramenta para o empoderamento de adolescentes escolares frente suas vulnerabilidades em saúde. Revista Mineira de Enfermagem, 24, e-1294. http://www.dx.doi.org/10.5935/1415-2762.20200023.

Nepomuceno, L. B.; Cavalcante, J. A. M.; Venâncio, L.; Sanches Neto, L. (2019). Círculo de cultura como componente qualitativo da pesquisa em Educação Física: reflexões teórico-metodológicas. Revista Pensar a Prática, 22, e55524. https://doi.org/10.5216/rpp.v22.55524.

Organização Mundial da Saúde. (1965). Problemas de la salud de la adolescencia: informe de un comité de expertos de la OMS (Serie de informes técnicos; n.º 308). Genebra. https://apps.who.int/iris/handle/10665/38485.

Resolução n.º 466, de 12 de dezembro de 2012. (2012). Aprova as diretrizes e normas regulamentadoras de pesquisas envolvendo seres humanos e revoga as Resoluções CNS nos. 196/96, 303/2000 e 404/2008. Brasília, DF.

Paiva, S.; Perazzo, M.; Gomes, M. C.; Neves, E. T. B.; Garcia, A. F. G. (2019). Ortopedia funcional dos maxilares – OFM: Evidências científicas e empíricas. Revista da Associação Paulista de Cirurgiões Dentistas, 73(2), 106-111.

Rodrigues, P. R.; Gonçalves-Silva, R. M. V.; Ferreira, M. G.; Pereira, R. A. (2017). Viabilidade do uso de uma pergunta simplificada na avaliação da qualidade da dieta de adolescentes. Revista Ciência & Saúde Coletiva, 22(5): 1565-1578. https://doi.org/10.1590/1413-81232017225.14102015.

Selau, B. L.; Kovaleski, D. F.; Paim, M. B. (2020). Promoção da saúde de crianças e adolescentes em uma Organização da Sociedade Civil: refletindo sobre os valores e a formação profissional. Trabalho, Educação e Saúde, 18(3), e00303135. https://doi.org/10.1590/1981-7746-sol00303.

Senado Federal. (2017). Estatuto da Criança e do Adolescente. Brasília.

Tavares, M. L. O.; Reinaldo, A. M. S.; Villa, E. A.; Henriques, B. D.; Pereira, M. O. (2017). Perfil de adolescentes e vulnerabilidade ao uso de álcool e outras drogas. Revista de Enfermagem UFPE, 10(11), 3906-3912.

Teixeira, L. A.; Freitas, R. J. M.; Moura, N. A.; Monteiro, A. R. M. (2020). Necessidades de saúde mental de adolescentes e os cuidados de enfermagem: revisão integrativa. Texto & Contexto Enfermagem, 29, e20180424. https://doi.org/10.1590/1980-265X-TCE-2018-0424.

Urpí-Fernández, A.-M.; Zabaleta-del-Olmo, E., Tomás-Sábado, J., Tambo-Lizalde, E., Roldán-Merino, J.-F. (2020). Adaptación y validación de un cuestionario para evaluar las prácticas de autocuidado en población infantil sana residente en España. Atención Primaria, 52(5), 297-306. https://doi.org/10.1016/j.aprim.2018.10.004.

Downloads

Publicado

2022-12-31

Como Citar

GOMES, M. L. F. .; VASCONCELOS, A. Ávila .; OLIVEIRA, J. M. A. de .; CRISTINA DA SILVA FERNANDES; QUEIROZ, I. F. R. .; BARROS, L. M. . VIVÊNCIAS DE EDUCAÇÃO EM SAÚDE COM ADOLESCENTES EM UMA ESTAÇÃO DA JUVENTUDE: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA. Interfaces - Revista de Extensão da UFMG, [S. l.], v. 10, n. 2, 2022. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/revistainterfaces/article/view/34170. Acesso em: 4 fev. 2023.

Edição

Seção

Artigos