OFICINAS DA VIDA

DESAFIOS E PERSPECTIVA DE UMA ATIVIDADE EXTENSIONISTA EM CONTEXTO SOCIOEDUCATIVO

Autores

Palavras-chave:

Adolescente, Socioeducação, Dialogicidade

Resumo

O presente trabalho é um relato sobre uma ação desenvolvida em um centro socioeducativo situado na cidade de Manaus. Essa ação considerou o contexto de medidas socioeducativas de internação para criar espaços de expressão e discussão sobre temas relacionados às experiências e perspectivas de vida dos adolescentes. Baseada em uma metodologia dialógica, a ação desenvolveu cinco atividades com os seguintes temas: (1) Identidade; (2) Trajetórias de Vida; (3) Direitos e Deveres; (4) Fatores de Risco e Proteção; e (5) Sentimentos. Ao compartilharem experiências e afetos, esses encontros possibilitaram aos adolescentes refletirem, respeitarem e compreenderem as suas próprias histórias de vida assim como a dos outros. Com isso, pudemos refletir criticamente sobre a trajetória e as perspectivas de vida dos adolescentes, a realidade de um contexto socioeducativo de internação e o papel dos profissionais na construção de um projeto extensionista que potencializa novas trajetórias de vida

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Adinete Sousa da Costa Mezzalira, Universidade Federal do Amazonas - UFAM

Psicóloga (2002). Doutora (2010) e Pós-Doutora em Psicologia pela PUC-Campinas (2014). Professora da Faculdade de Educação da Universidade Federal do Amazonas (UFAM). Docente permanente do Programa de Pós-Graduação em Psicologia da UFAM e pesquisadora da Linha Processos Psicossociais.  Membro do GT Psicologia Escolar e Educacional da ANPEPP.

Fernanda Sousa da Costa Calegare, ATribunal de Justiça do Estado do Amazonas

Pedagoga e psicóloga pela Universidade Federal do Amazonas – UFAM. Mestre em Psicologia na Linha de Processos Psicossociais da UFAM (2015). Analista Judiciária na Coordenadoria da Infância e Juventude do Tribunal de Justiça do Estado do Amazonas. Militante e pesquisadora do socioeducativo.

Rayssa Jackeline Graça Maciel, Universidade Federal do Amazonas - UFAM

Estudante do Programa de Pós-Graduação em Psicologia. Graduada em Serviço Social pela Universidade Federal do Amazonas – UFAM (2019). Desenvolve pesquisa na área social e na socioeducação

Marcela Karina Dantas da Silva Patrício, Faculdade Martha Falcão – Wyden

Graduada em Psicologia pela Faculdade Martha Falcão - Wyden (2018), atua como psicóloga escolar/educacional em uma escola na cidade de Manaus-AM. Desenvolve pesquisas na área educacional e na socioeducação

Referências

Brito, L., Ayres, L. & Amendola, M. (2006). A escuta de crianças no sistema de Justiça. Psicologia & Sociedade, 18(3), 68-73. https://doi.org/10.1590/S0102-71822006000300010

Costa, C. R. (2007). Contexto socioeducativo e a promoção de proteção a adolescentes em cumprimento de medida judicial de internação no Amazonas. Tese de doutorado, Programa de Pós-graduação em Saúde Pública, Fundação Oswaldo Cruz, Rio de Janeiro, RJ.

Costa, C.R.B.S.F. & Assis, S.G. (2006). Fatores protetivos a adolescentes em conflito com a lei no contexto socioeducativo. Psicologia & Sociedade, 18 (3), 74-81; set/dez. https://doi.org/10.1590/S0102-71822006000300011

Costa, C. R., Santos, M., Franco, K., & Brito, A. (2011). Música e transformação no contexto da medida socioeducativa de internação. Psicologia: Ciência e Profissão, 31(4), 840-855. https://doi.org/10.1590/S1414-98932011000400013

Duarte, N., & Souza, C. (2017). Docência e Direitos Humanos: articulação necessária à socioeducação. In C. Bisinoto (Org.), Docência na socioeducação: a experiência de um processo de formação continuada. (pp. 89-118). Brasília: FUP – UnB.

Freire, P. (1997). Educação Bancária e Educação Libertadora. In M. H. Patto (Org.), Introdução à Psicologia Escolar (pp. 61-80). São Paulo: T. A. Queiroz.

Freire, P. (2005). Pedagogia do oprimido. São Paulo: Paz e Terra.

Mezzalira, A., Calegare, F., Maciel, R., & Patrício, M. (2019). Adolescentes em cumprimento de medidas socioeducativas: histórias de vidas compartilhadas. In M. I. Tamboril, M. L. L., & A. Neves (Orgs.), Psicologia social na Amazônia: reticulando potencialidades e desafios (pp. 154-170). Porto Alegre: ABRAPSO.

Miranda, K. A. S. N., Onofre, E. M. C., & Lopes, C. V. A. (2020). Socioeducação e juventudes: Ressignificando os processos educativos na privação de liberdade. Brazilian Journal of. Development, Curitiba,6(12), p. 100101-100113. https://doi.org/10.34117/bjdv6n12-485

Oliveira, M. C., & Valente, F. (2017). Adolescência e a responsabilização socioeducativa: Aspectos históricos, filosóficos e éticos. In M. H. Zamora, & M. C. Oliveira (org.), Perspectivas interdisciplinares sobre adolescência, socioeducação e direitos humanos. (pp. 35-53). Curitiba: Appris.

Pereira, I., & Gomes, M. R. (2017). Gestão de política socioeducativa ao adolescente em conflito com a lei. In M. H. Zamora, & M. C. Oliveira (Orgs.), Perspectivas interdisciplinares sobre adolescência, socioeducação e direitos humanos. (pp. 21-33). Curitiba: Appris

Schmidt, F. (2011). Adolescentes privados de liberdade. Curitiba: Juruá.

Silva, I., & Silva, F. (2015). Adolescente em semiliberdade: avaliação de ação extensionista de promoção de fatores protetivos. São Paulo: Martinari/FAPEAM.

Volpi, M. (2015). O adolescente e o ato infracional. São Paulo: Cortez.

Yokoy, T. & Oliveira, M. C. S. L. (2008). Trajetórias de desenvolvimento e contextos de subjetivação e institucionalização de adolescentes em cumprimento de medidas socioeducativas. Pesquisas e Práticas Psicossociais, 3(1), 85-95

Downloads

Publicado

2023-12-30

Como Citar

MEZZALIRA, A. S. da C.; CALEGARE, F. S. da C.; MACIEL, R. J. G.; PATRÍCIO, M. K. D. da S. OFICINAS DA VIDA: DESAFIOS E PERSPECTIVA DE UMA ATIVIDADE EXTENSIONISTA EM CONTEXTO SOCIOEDUCATIVO. Interfaces - Revista de Extensão da UFMG, [S. l.], 2023. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/revistainterfaces/article/view/42070. Acesso em: 24 abr. 2024.

Edição

Seção

Artigos