PRÁTICAS FORMATIVAS DAS MULHERES EM PRIVAÇÃO DE LIBERDADE E DAS EM SITUAÇÃO DE EGRESSAS DO SISTEMA PRISIONAL DE MINAS GERAIS

Autores

DOI:

https://doi.org/10.35699/2238-037X.2021.35401

Palavras-chave:

Práticas formativas, Mulheres em privação de liberdade, Mulheres em situação de egressas do sistema prisional

Resumo

Esta pesquisa objetiva analisar as práticas formativas das mulheres em privação de liberdade e das em situação de egressas do sistema prisional de Minas Gerais, como forma de estudar os seus efeitos para esse grupo social...

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Yara Elizabeth Alves, Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)

Doutora e Mestre em Educação pela Faculdade de Educação da Universidade Federal de Minas Gerais (FaE/UFMG). Graduada em Pedagogia pela FaE/UFMG. Pesquisadora do Observatório Nacional do Sistema Prisional (ONASP).

Downloads

Publicado

2021-09-20

Como Citar

ALVES, Y. E. PRÁTICAS FORMATIVAS DAS MULHERES EM PRIVAÇÃO DE LIBERDADE E DAS EM SITUAÇÃO DE EGRESSAS DO SISTEMA PRISIONAL DE MINAS GERAIS. Trabalho & Educação, Belo Horizonte, v. 30, n. 2, p. 231–233, 2021. DOI: 10.35699/2238-037X.2021.35401. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/trabedu/article/view/35401. Acesso em: 3 dez. 2021.

Edição

Seção

RESUMOS