INTENSIFICAÇÃO GOVERNAMENTAL NA EDUCAÇÃO ESCOLAR: OUTRAS ESTRATÉGIAS DE CONTROLE DO TRABALHO DOCENTE

Autores

  • Marlucy Alves Paraíso

Palavras-chave:

governo, trabalho docente, mídia educativa

Resumo

Baseada nos estudos sobre governo de Inspiração foucaultiana, analiso, neste trabalho, as técnicas e estratégias dispostas no discurso da mídia educativa brasileira sobre a educação escolar para o governo dos professores. Nesse discurso são divulgadas técnicas emotivas, sedutoras e responsabilizadoras com o objetivo de capturar o docente para que conduza o seu trabalho e a si mesmo de acordo com as sugestões e prescrições que lhes são dadas pelas políticas educacionais e pela própria mídia educativa. Trata-se de todo um trabalho endereçado aos docentes para que possam tornar-se parceiros da educação, sujeitos da ação, co-responsáveis pela sua formação, pela condução de crianças e jovens e pela escolarização da população brasileira.  O argumento defendido é o de que há uma intensificação governamental sobre o trabalho docente que, para se efetivar, conta com a aceitação do próprio docente. Mostro, então, como as habilidades demandadas dos docentes são conectadas a um tipo de pensamento que é autorizado e como as técnicas utilizadas terminam por mobilizar a aliança entre as metas propostas para a transformação da educação e a conquista da auto-realização individual dos docentes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2012-05-08

Como Citar

PARAÍSO, M. A. INTENSIFICAÇÃO GOVERNAMENTAL NA EDUCAÇÃO ESCOLAR: OUTRAS ESTRATÉGIAS DE CONTROLE DO TRABALHO DOCENTE. Trabalho & Educação, Belo Horizonte, v. 13, n. 1, p. 65–77, 2012. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/trabedu/article/view/8866. Acesso em: 16 maio. 2022.

Edição

Seção

ARTIGOS

Artigos Semelhantes

> >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.