ESTADO, POLÍTICAS SOCIAIS E RECOMPOSIÇÃO DE HEGEMONIA: O CASO DA PREVIDÊNCIA SOCIAL

Autores

  • Adriana Maria Cancella Duarte

Resumo

Esta tese busca compreender as mudanças que ocorreram nos padrões de regulação social do Estado brasileiro, durante o primeiro governo do Presidente Fernando Henrique Cardoso (1995-98), através da análise da reforma do sistema público de Previdência Social. Ela também pretende apontar, embora de forma mais genérica, o papel educativo do Estado nesse processo, tendo em vista a criação de um conformismo social que forneça sentido e legitimidade às mudanças que se pretende concretizar. Em outras palavras, essa tese visa analisar as mudanças que ocorreram nos padrões de regulação social do Estado brasileiro, nos anos 90, conquanto um processo que também traz dentro de si uma relação pedagógica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Como Citar

DUARTE, A. M. C. ESTADO, POLÍTICAS SOCIAIS E RECOMPOSIÇÃO DE HEGEMONIA: O CASO DA PREVIDÊNCIA SOCIAL. Trabalho & Educação, Belo Horizonte, v. 12, n. 2, p. 145–145, 2012. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/trabedu/article/view/8966. Acesso em: 8 dez. 2021.

Edição

Seção

RESUMOS

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

Artigos Semelhantes

> >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.