TRABALHO INFANTIL E CONTEXTO SOCIOFAMILIAR: CONSIDERAÇÕES ACERCA DOS RESULTADOS DE UM ESTUDO RELATIVO ÀS INFÂNCIAS (PRE)OCUPADAS

Autores

  • Walter Ernesto Ude Marques FaE/UFMG

Palavras-chave:

Trabalho infantil, Família, Pobreza

Resumo

Este estudo levanta discussões acerca da realidade familiar de pequenos trabalhadores que atuam nas ruas do centro da cidade, considerando aspectos históricos e sociais, como também alguns pontos referentes aos possíveis comprometimentos das identidades dos membros familiares que dependem dessa estratégia de sobrevivência, já que crianças estão assumindo responsabilidades e tarefas que cabem aos adultos do grupo. O trabalho conclui com um apelo crítico à transformação dessa realidade, argumentando que exige revisões da sociedade quanto à maneira piedosa e generosa de olhar a pobreza e o trabalho infantil.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Como Citar

MARQUES, W. E. U. TRABALHO INFANTIL E CONTEXTO SOCIOFAMILIAR: CONSIDERAÇÕES ACERCA DOS RESULTADOS DE UM ESTUDO RELATIVO ÀS INFÂNCIAS (PRE)OCUPADAS. Trabalho & Educação, Belo Horizonte, v. 8, p. 112–131, 2013. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/trabedu/article/view/9187. Acesso em: 18 maio. 2022.

Edição

Seção

ARTIGOS