CRIANÇA TRABALHADORA, FAMÍLIA E IDENTIDADE

Autores

  • Walter Ernesto Ude Marques FaE/UFMG

Palavras-chave:

Educação, Saúde mentalTrabalho infantil

Resumo

Este texto propõe discussões preliminares dos possíveis comprometimentos da identidade e da saúde mental de crianças trabalhadoras a partir das suas relações familiares e do contexto histórico-social do fenômeno. Trata-se de estudo dos aspectos intersubjetivos que impõem essa realidade, sugerindo um olhar da epistemologia da complexidade. Para isso, aponta-se a perspectiva sistêmica como alternativa para construção de redes sociais, por meio de grupos multifamiliares.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Walter Ernesto Ude Marques, FaE/UFMG

Doutorando em Educação no PPGE/FaE/UFMG, Professor do CEFET-MG.

Publicado

2013-04-24

Como Citar

MARQUES, W. E. U. CRIANÇA TRABALHADORA, FAMÍLIA E IDENTIDADE. Trabalho & Educação, Belo Horizonte, v. 3, p. 143–159, 2013. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/trabedu/article/view/8919. Acesso em: 20 jan. 2022.

Edição

Seção

ARTIGOS