ENSINO-PESQUISA-EXTENSÃO NA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL INTEGRADA / Teaching, research and local development in workers training

Autores

  • Naira Lisboa Franzoi UFRGS
  • Maria Clarice de Oliveira UFRGS

Palavras-chave:

Educação profissional, Saberes do trabalho, Desenvolvimento local

Resumo

O artigo trata da pesquisa como princípio educativo na formação de trabalhadores. Defende-se que a construção de conhecimento e tecnologia, quando entrelaçados com projetos de desenvolvimento local, é capaz de promover um desenvolvimento social e não apenas a formação para o mercado de trabalho. Resulta de investigação realizada sobre o projeto desenvolvido pelos alunos - trabalhadores da fumicultura - do Curso Técnico em Agricultura e Ensino Médio da Escola Estadual Técnica de Agricultura (EETA), na Região Metropolitana de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul. O projeto foi desenvolvido como alternativa à produção de fumo. Como base teórica, utilizam-se contribuições da ergologia e conceitos freireanos no que diz respeito à conexão entre pesquisa como princípio educativo, saberes da experiência dos trabalhadores e desenvolvimento local. Para a produção dos dados foi feito um acompanhamento ao projeto dos alunos, além de entrevistas semiestruturadas com os alunos e a professora orientadora da pesquisa e análise de conteúdo das narrativas autobiográficas elaboradas pelos dois alunos na matrícula orientada.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Naira Lisboa Franzoi, UFRGS

Doutora em Educação pela UNICAMP. Professora Adjunta da Faculdade de Educação e do PPGEDU da UFRGS.

Maria Clarice de Oliveira, UFRGS

Doutoranda em Educação pela UFRGS.

Downloads

Publicado

2013-12-08

Como Citar

FRANZOI, N. L.; OLIVEIRA, M. C. de. ENSINO-PESQUISA-EXTENSÃO NA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL INTEGRADA / Teaching, research and local development in workers training. Trabalho & Educação, Belo Horizonte, v. 22, n. 3, p. 183–195, 2013. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/trabedu/article/view/9238. Acesso em: 17 out. 2021.