A DIALÉTICA ENTRE O IDEAL E O MATERIAL: CONSIDERAÇÕES SOBRE O COMPLEXO CATEGORIAL DA POLÍTICA NA OBRA TARDIA DE LUKÁCS / Dialectic between the ideal and material: consideration of the categorical complex policy in the later work of Lukács

  • Ronaldo Vielme Fortes UFJF

Resumo

O artigo segue em direção a explicitar os principais pontos de interesse acerca da posição política madura do filósofo húngaro György Lukács. A importância de estudos nessa direção está em confrontar equívocos provocados, na maior parte dos casos, pela ausência de interesse e investigação das posições tomadas pelo autor. Para alcançar a densidade teórica da categoria política lukacsiana, foram realizadas a leitura e a análise imanente de sua obra Parauma ontologia do ser social, em especial dando ênfase aos capítulos que tratam da ideologia, da alienação e do estranhamento. O artigo se mostra como ponto de partida para elaborações mais profundas que se fazem necessárias. Aqui, nos ocupamos em demarcar as diretrizes que conduzem a humanidade em seu desenvolvimento histórico/social a promover a política como mediadora dos conflitos coletivos, envolvendo as possibilidades postas pela realidade concreta. Ao mesmo tempo, demonstra a centralidade da ação e escolhas humanas pelo conjunto de pores teleológicos nos processos políticos que orientam a organização da vida social. Ou seja, a partir da óptica lukacsiana, concentramo-nos em elucidar a potencialidade e os limites da política como categoria mediadora da vida social.

Biografia do Autor

Ronaldo Vielme Fortes, UFJF
Doutor e Mestre em Filosofia pela UFMG, Pós-doutorado pela Universidade de Buenos Aires e Graduação em Psicologia pela Fundação Mineira de Educação e Cultura. Professor da Universidade Federal de Juiz de Fora.
Publicado
2015-12-11
Como Citar
FORTES, R. A DIALÉTICA ENTRE O IDEAL E O MATERIAL: CONSIDERAÇÕES SOBRE O COMPLEXO CATEGORIAL DA POLÍTICA NA OBRA TARDIA DE LUKÁCS / Dialectic between the ideal and material: consideration of the categorical complex policy in the later work of Lukács. Trabalho & Educação - ISSN 1516-9537, v. 24, n. 1, p. 173-199, 11 dez. 2015.