TRÊS “FOTOGRAFIAS” DA LUTA PELA TERRA EM MINAS GERAIS: LUTA PELA CONSTRUÇÃO DE UMA SOCIEDADE JUSTA E SOLIDÁRIA / Three ‘photos’ of fight for land in Minas Gerais: fight for a fair society and with solidarity

Autores

  • Gilvander Luís Moreira Província Carmelitana de Santo Elias

Palavras-chave:

Luta pela terra, Reforma agrária, Vitória, Sociedade inclusiva.| Fight for land, Land reform, Victory, only if it is with fight, Fair society.

Resumo

Three "photos" of fight for land in Minas Gerais: fight for a fair society and with solidarity article brings an introduction in which demonstrates that the binominal "Work and Education", as non univocal concept, has a lot to do with a fight for land and land reform. The fight for land is a work that is, primarily, collective and a big process of education that takes place. Through participant observation and research, within the Marxist dialectical theoretical framework, we present in three "photos" a little bit of the fight of MST (landless movement) in Minas Gerais. Nova Alegria farm was an achievement and, today, it is Promised Land pre-settlement, in Felisburgo, Vale do Jequitinhonha, MG. It cost five landless lives, in a massacre; however, the MST keeps winning a land property that did not perform its social function before. In Zona da Mata Mineira, after Dênis Gonçalves camp, many landless families achieved Fortaleza de Sant'Anna farm, in Goianá, MG. What seemed to be impossible became possible.

___

O Artigo intitulado Três "fotografias" da luta pela terra em Minas Gerais: luta pela construção de uma sociedade justa e solidária compreende-se de uma introdução em que se demonstra que o binômio "Trabalho e Educação" - como um conceito não unívoco - tem tudo a ver com a luta pela terra e pela reforma agrária. A luta pela terra é trabalho que se dá primordialmente de forma coletiva e é também um grande processo de educação que se efetiva. Através de observação participante e de "pesquisação", dentro do quadro teórico dialético marxista, apresentamos em três "fotografias" um pouco da luta do Movimento dos Trabalhadores Rurais (MST), em Minas Gerais. A Fazenda Nova Alegria está sendo conquistada e, hoje, é o pré-assentamento Terra Prometida, em Felisburgo, Vale do Jequitinhonha, MG. Custou a vida de cinco Sem Terra, em um massacre, mas o MST segue na luta coletiva conquistando um latifúndio que antes não cumpria sua função social. Na Zona da Mata Mineira, a partir do Acampamento Dênis Gonçalves, dezenas de famílias Sem Terra do MST conquistaram a Fazenda Fortaleza de Sant'Anna, em Goianá, MG. O que parecia impossível tornou-se possível.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Gilvander Luís Moreira, Província Carmelitana de Santo Elias

Licenciado e bacharel em Filosofia pela UFPR, bacharel em Teologia pelo Instituto Teológico São Paulo - ITESP -, mestre em Ciências Bíblicas pelo Pontifício Instituto Bíblico de Roma, Itália, com reconhecimento junto ao MEC através da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre; Assessor da Comissão Pastoral da Terra - CPT -; doutorando em Educação pela FAE/UFMG.

Downloads

Publicado

2016-03-03

Como Citar

MOREIRA, G. L. TRÊS “FOTOGRAFIAS” DA LUTA PELA TERRA EM MINAS GERAIS: LUTA PELA CONSTRUÇÃO DE UMA SOCIEDADE JUSTA E SOLIDÁRIA / Three ‘photos’ of fight for land in Minas Gerais: fight for a fair society and with solidarity. Trabalho & Educação, Belo Horizonte, v. 24, n. 2, p. 157–168, 2016. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/trabedu/article/view/9436. Acesso em: 17 out. 2021.

Edição

Seção

ARTIGOS