Discussões teórico-críticas sobre representação das margens em contos latino-americanos contemporâneos / Theoretical-Critical Discussions about Representation of the Margins in Contemporary Latin American Short Stories

  • Alessandra Maia de Lemos Universidade do Estado do Rio de Janeiro
Palavras-chave: literatura latino-americana, representação marginal, novo realismo, choque do real, belo, contemporary Latin American literature, marginal representation, new realism, shock of the real, beauty.

Resumo

Resumo: A maneira como um grupo marginal é representado na literatura revela a visão que se tem dele. Em tempos em que se acirram a intolerância e o preconceito a minorias sociais, a literatura latino-americana contemporânea se reafirma como denúncia social, propondo um olhar mais sensível e altruísta sobre estes grupos. Assim, é fundamental que a construção narrativa sobre o outro suscite empatia e não desprezo. Nesse sentido, a crítica e a teoria literárias no tempo presente, no que se refere à representatividade de indivíduos à margem, observarão como uma narrativa reforça ou desconstrói estereótipos. Este artigo apresenta algumas dessas teorias e críticas mais recentes – como o choque do real, o novo realismo e o belo de Flusser – e, a partir delas, analisa quatro contos latino-americanos contemporâneos: “La zona”, de Laura Santullo; “El carrito”, de Mariana Enriquez; “Fábrica de fazer vilão”, de Ferréz; e “Vestido Longo”, de Marcelino Freire.

Palavras-chave: literatura latino-americana; representação marginal; novo realismo; choque do real; belo.

Abstract: The way in which a marginal group is represented in literature reveals how it is seen. In times of intolerance and prejudice against social minorities, contemporary Latin American literature reaffirms itself as a social complaint, proposing a more sensitive and altruistic view of these groups. Thus, it is fundamental for the narrative construction about the other to raise empathy instead of contempt. Therefore, criticism and literary theory in the present time, regarding the representation of individuals at the margin of society, observe how a narrative reinforces or deconstructs stereotypes. This article presents some of these more recent theories and criticisms – such as the shock of the real, new realism and Flusser’s beauty criticism – and, thereafter, analyzes four contemporary Latin American short stories: “La zona”, by Laura Santullo, “El carrito”, by Mariana Enriquez, “Fábrica de fazer vilão”, by Ferréz; and “Vestido longo”, by Marcelino Freire.

Keywords: contemporary Latin American literature; marginal representation; new realism; shock of the real; beauty.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Alessandra Maia de Lemos, Universidade do Estado do Rio de Janeiro
Doutora em Teoria da Literatura e Literatura Comparada, Mestre em Teoria da Literatura e Literatura Comparada pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro e Graduada em Letras -
Português e Espanhol - pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Tem experiência na área de Letras - Língua e Literatura - e Educação. Trabalhou como supervisora do
setor de avaliações do FGV Online, o Programa de Ensino a Distância da Fundação Getulio Vargas, como Coordenadora de Produção dos cursos online do SENAC Nacional e
como professora substituta de Literaturas e Culturas Hispânicas na Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Atualmente é professora da rede municipal do Rio de Janeiro.

Publicado
2019-09-30
Seção
Dossiê – Teoria e Crítica Literária no Tempo Presente