Notícias

  • Aletria corrige problema para envio de submissões ao dossiê " Natureza e violência"

    2022-05-03

    Recentemente, a Aletria: Revista de Estudos de Literatura foi notificada da impossibilidade de submeter artigos ao Dossiê: Natureza e violência, uma vez que esta opção não aparecia no processo de submissão.

    Informamos que o problema foi corrigido e já é possível enviar trabalhos ao dossiê.

    Lembramos ainda que o prazo para submissões se encerra em 15 de junho de 2022.

    Agradecemos a compreensão de todos.

    Saiba mais sobre Aletria corrige problema para envio de submissões ao dossiê " Natureza e violência"
  • CHAMADA PARA ALETRIA v. 33, n.2 (2023) abr-mai-jun

    2022-03-09

    Organizadores: OLIVEIRA, Solange Ribeiro de (UFMG); DINIZ, Thaïs Flores Nogueira (UFMG); BRUHN, Jørgen (Linnaeus University) 

    Prazo para submissão: 1 de setembro de 2022

    Tema: Literatura, Artes e mídias: Ecocrítica intermidiática

    Segundo parte significativa dos cientistas, a humanidade chegou a um momento crucial de sua história. Deixamos para trás o Holoceno, fase geológica provocada por um processo de degelo do planeta; atingimos o Antropoceno, ou Época dos Humanos, quando a ação do homem influencia o sistema terrestre, ameaçando todas as formas de vida.

    Essa afirmativa não escapa à contestação. Os defensores do livre mercado, por exemplo, financeiramente sustentados por grupos de pressão industriais e antiambientalistas, consideram ilusória ou exagerada a existência da crise apontada por cientistas. Em movimento crescente, o debate, apoiando ou contestando uma ou outra das duas  posturas, chega  ao público informado.

    Na verdade, cabe a todos, especialmente aos pesquisadores no campo das Humanidades , discutir a questão com os olhos voltados para a preservação do planeta e de todas as formas de vida.

    Conscientes dessa responsabilidade, apresentamos esse número da Aletria como um espaço de discussão tendo como objeto de estudo produções literárias e artísticas no Brasil e no exterior que convidem a análise à luz dos procedimentos originários tanto nas Humanidades e na Ecocrítica ambientais quanto nos estudos da intermidialidade.. A Ecologia, como o estudo das relações dos seres vivos entre si e deles com o meio ambiente, propiciou, na Literatura, o nascimento da Ecocrítica, voltada para a análise de textos literários envolvidos com essa temática. Mas essa crítica se estendeu para diversas outras áreas, englobando também o estudo de textos artísticos e/ou produzidos em outras mídias, que contemplem a diversidade do ambiente natural, as relações entre animais humanos e não humanos e o futuro da existência humana e temas correlatos.

    Este número da Aletria  convida os interessados nos temas direta ou indiretamente mencionados nesta  Introdução para a  apresentação de ensaios balizados na  associação entre a Ecocrítica e os Estudos de Intermialidade, isto é, numa Ecocrítica Intermidiática, na aliciante formulação de Jørgen Bruhn em seu artigo “Towards an Intermedial Ecocriticism”, disponível em: https://link.springer.com/chapter/10.1007/978-3-030-49683-8_5

    Palavras-chave: intermidialidade, ecocrítica, antropoceno, natureza, ecologia

    Saiba mais sobre CHAMADA PARA ALETRIA v. 33, n.2 (2023) abr-mai-jun