Melancolia vermelha

José e o comunismo internacional

Autores

Palavras-chave:

Carlos Drummond de Andrade, comunismo , poesia modernista , Segunda Guerra Mundial , Guerra Civil Espanhola

Resumo

O artigo se propõe a fazer uma leitura de alguns poemas do livro José, de Carlos Drummond de Andrade, publicado em 1942, em comparação com a produção de poetas estrangeiros ligados à Guerra Civil Espanhola (1936-1939) e aos movimentos comunistas internacionais. Procura-se ressaltar a proximidade de temas, expressões e posicionamento diante do mundo. Sob este prisma, o pessimismo e o evasionismo expressos de forma marcante neste livro de Drummond não parecem ser apenas resultado da perplexidade do sujeito diante da barbárie da Segunda Guerra Mundial, ou do avanço da ditadura do Estado Novo no Brasil, conforme já foi apontado pela crítica, mas uma frustração diante do fracasso momentâneo do projeto comunista no contexto Ocidental.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ALBERTI, Rafael. Poesia 1931-1940. Barcelona: Seix Barral, 1978.

ANDRADE, Carlos Drummond de. Entrevista. Diários Associados, Rio de Janeiro, 1941.

ANDRADE, Carlos Drummond de. Nova Reunião, 23 livros de poesia. Rio de Janeiro: Editora Record, 2009.

ANDRADE, Carlos Drummond de. Recorte de jornal. Revista Acadêmica, Produção Intelectual, Rio de Janeiro, janeiro de 1942.

AUDEN, W. H. Outro Tempo. Lisboa: Relógio D’Água, 2007.

BARBOSA, Rita de Cássia. Carlos Drummond de Andrade: Seleção de textos, notas, estudo biográficos, histórico e crítico. São Paulo: Nova Cultural, 1988.

BORTOLOTI, Marcelo. Drummond e a Guerra Civil Espanhola. Revista Abriu, Estudos de textualidade do Brasil, Galicia e Portugal, Barcelona, n. 7, p. 147-163, 2018.

CASTELLET, José María. Veinte años de poesia española (1939-1959). Barcelona: Seix Barral, 1960.

CAUDET, Francisco. Cultura y exilio: la revista “España peregrina” (1940). Valência: F. Torres, 1976.

CORREIA, Marlene de Castro. Drummond: a Magia Lúcida. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2002.

GLEDSON, John. Poesia e Poética de Carlos Drummond de Andrade. São Paulo: Duas Cidades, 1981.

HANREZ, Marc (ed.). Los escritores y la guerra de España. Barcelona: Libros de Monte Avila, 1977.

HERNÁNDEZ, Miguel. Obra poética completa. Madri: Alianza, 1982.

HUIDOBRO, Vicente. Altazor e outros poemas. Tradução e seleção de Antonio Risério e Paulo César Souza. São Paulo: Art Editora, 1991.

JIMÉNEZ, José Olivio. Antología crítica de la poesía modernista hispano-americana. Madrid: Poesía Hiperión, 1985.

LAMA, Victor de. Poesía de la Generación del 27: antología crítica comentada. Madrid: EDAF, 2004.

LUIS, Leopoldo de. Poesía social: antología (1939-1968). Madrid: Alfaguara, 1969.

MERQUIOR, José Guilherme. Verso universo em Drummond. Rio de Janeiro: José Olympo, 1975.

NAMORADO, Joaquim. Incomodidade. Coimbra: Atlantida, 1945.

PUJALS, Esteban. La poesía inglesa del siglo XX. Barcelona: Planeta, 1973.

SANTIAGO, Silviano. Ora (direis) puxar conversa!: ensaios literários. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2006.

SOLER, Manuel Aznar. República literária y revolución (1920-1939). Sevilha: Renascimento, 2010.

VILLAÇA, Antônio Carlos. Dois sulpicianos. Jornal do Brasil, Rio de Janeiro, 13 de maio de 1959.

ZUBILLAGA, Carlos (org.). El otro 900: poesía social uruguaya. Montevideo: Colihue Sepé Ediciones, 2000.

Downloads

Publicado

2021-03-31

Como Citar

Bortoloti, M. M. (2021). Melancolia vermelha: José e o comunismo internacional. Aletria: Revista De Estudos De Literatura, 31(1), 313–339. Recuperado de https://periodicos.ufmg.br/index.php/aletria/article/view/21795