DINÂMICA DA MATA ATLÂNTICA 510 ANOS APÓS O DESCOBRIMENTO: TENDÊNCIAS E DRIVERS ATUAIS

Autores

  • Carolina Marques Guilen Lima
  • Ricardo Alexandrino Garcia

Resumo

Apesar de ser um bioma em situação crítica, pouco se conhece da atual dinâmica da Mata Atlântica e dos fatores que a influenciam. Este trabalho apresenta as principais mudanças na cobertura vegetal do bioma entre 1995 e 2006, relacionando-as com informações de uso do solo, população e economia em nível municipal, por meio de regressão linear pelo método stepwise. Múltiplas escalas foram avaliadas: bioma, macrorregiões e estados. Os resultados mostraram que o saldo global ainda é de decremento da área remanescente do bioma. Por outro lado, observou-se um padrão de transição florestal em aproximadamente 60% dos municípios. Tal fenômeno está provavelmente associado à legislação ambiental e à fiscalização por parte dos órgãos responsáveis. Inserção de novas variáveis e avaliação da autocorrelação espacial de serão realizados para aprofundamento da pesquisa sobre este tema.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2010-06-15

Como Citar

Guilen Lima, C. M., & Garcia, R. A. (2010). DINÂMICA DA MATA ATLÂNTICA 510 ANOS APÓS O DESCOBRIMENTO: TENDÊNCIAS E DRIVERS ATUAIS. Cadernos Do Leste, 10(10). Recuperado de https://periodicos.ufmg.br/index.php/caderleste/article/view/12790

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 3 > >>