DA ARTE DA CORTE À DIALÉTICA DO AMOR

A RECIPROCIDADE FORMATIVA ENTRE AMANTES DO SABER

Autores

  • Dr. Claudio Almir Dalbosco Universidade de Passo Fundo
  • Dr. Marcos Sidnei Pagotto-Euzebio Universidade de São Paulo

Palavras-chave:

eros formativo, aphrodisia, dialética, erasta, erômeno

Resumo

O ensaio trata da ideia de eros formativo presente no diálogo O Banquete, de Platão, a partir da interpretação feita por Michel Foucault no segundo volume de sua História da Sexualidade - O uso dos prazeres. Primeiro, busca-se reconstruir a arquitetônica da investigação foucaultiana acerca dos aphrodisia, que se desdobra em dietética, econômica e erótica, localizando a dialética do amor no interior da erótica. Na sequência, discute-se o aspecto formativo do Banquete platônico, destacando, especialmente, a reciprocidade entre erasta (o amante) e erômeno (o amado), e assumindo que a guinada ontológica da dialética do amor aponta diretamente para a dimensão ético-formativa do eros, de acordo com o argumento do diálogo, pois o eros relacionado à beleza individual e particular (ou seja, com contingente e empírico) só pode ser superado pela perspectiva universal do amor quando for permitido a um (o erasta), assumir a posição do outro (o erômeno) e vice-versa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Dr. Claudio Almir Dalbosco, Universidade de Passo Fundo

Graduação em Filosofia pela Universidade de Passo Fundo (1990), especialização em Epistemologia das Ciências Sociais pela Universidade de Passo Fundo (1992), mestrado em Filosofia pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (1996), doutorado em Filosofia pela Universität Kassel - Alemanha (2001), pós-doutorado pelo Núcleo Direito e Democracia (NDD) do CEBRAP (2013). Professor titular da Universidade de Passo Fundo, atuando no curso de Filosofia e no PPG em Educação e pesquisador do CNPq. 

Dr. Marcos Sidnei Pagotto-Euzebio, Universidade de São Paulo

Graduado em Filosofia (FFLCH-USP), mestre e doutor em Filosofia da Educação (FEUSP),
Professor da FEUSP.

Publicado

2021-06-28

Edição

Seção

Artigos