EDUCAÇÃO NA ERA DO CONHECIMENTO:O USO DE RECURSOS EDUCACIONAIS ABERTOS PARA O DESENVOLVIMENTO DE CAPACIDADES DE AÇÃO EMANCIPATÓRIAS

Autores

  • Marina de Freitas Centro de Tecnologia Acadêmica - IF/UFRGS
  • Leonardo Albuquerque Heidemann Instituto de Física - UFRGS
  • Ives Araujo Instituto de Física - UFRGS

Palavras-chave:

recursos educacionais abertos

Resumo

Com o intuito de ampliar as discussões sobre a adoção dos Recursos Educacionais Abertos (REA) e o seu potencial emancipatório, o presente artigo aprofunda a reflexão teórica e filosófica sobre o que são os REA e sobre suas implicações sociais. A discussão é feita em três etapas: i. a relação dos REA com outros movimentos de código aberto; ii. a associação entre REA e os preceitos de uma educação emancipatória de Paulo Freire; iii. a projeção desses resultados na Teoria das Sociedades do Conhecimento de Nico Stehr. Como resultado dessa discussão, o artigo propõem o conceito de Capacidade de Ação Emancipatória, entendida como os conhecimentos, saberes e práticas que precisam ser mobilizados para indivíduos, ou grupos, se emanciparem. Assim, deseja-se contribuir para a defesa de que a superação das injustiças sociais passa pela incorporação, em especial na educação, das práticas e filosofias dos REA, incluindo a cultura livre, as tecnologias livres e a ciência aberta.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marina de Freitas, Centro de Tecnologia Acadêmica - IF/UFRGS

A pesquisadora Marina de Freitas possui graduação em Engenharia Física pela UFRGS (2018), é mestranda no Programa de Pós-graduação em Ensino de Fìsica. Colaboradora do Centro de Tecnologia Acadêmica (IF/UFRGS), pesquisa e divulga tecnologias livres e ciência aberta desde 2015; atualmente é parte da coordenação da Rede Latinoamericana de Tecnologias Livres.

Av. Bento Gonçalves, 9500
CEP 91501-970
Campus do Vale - UFRGS
Porto Alegre - RS

Tel: (51) 980472408

Leonardo Albuquerque Heidemann , Instituto de Física - UFRGS

Resumo da Biografia: Leonardo Heidemann é graduado em Licenciatura em Física pela UFRGS (2008), obtendo os diplomas de mestre (2011) e de doutor (2015) em Ensino de Física nessa mesma Universidade. Tem experiência na área de Física, com ênfase em Ensino de Física, atuando principalmente nos seguintes temas: modelagem científica, estudos sobre evasão, metodologias ativas de ensino, atividades experimentais e computacionais no ensino de Física.

Endereço postal: Av. Bento Gonçalves, 9500
Caixa Postal 15051
CEP 91501-970
Campus do Vale - UFRGS
Porto Alegre - RS
Telefone: (51) 3308-7250

Ives Araujo, Instituto de Física - UFRGS

O Professor Ives Araujo possui graduação em Licenciatura e Bacharelado em Física (FURG - 2000), Mestrado em Física na área de concentração Ensino de Física (UFRGS - 2002) e Doutorado em Física também voltado ao Ensino de Física (UFRGS 2005). Realizou um estágio pós-doutoral na Universidade de Harvard (EUA, 2009-2010) participando do grupo de pesquisa em Ensino de Física do Prof. Eric Mazur, com quem mantém colaboração desde então. Atualmente é Professor Associado III do Dept. de Física - UFRGS e Editor da revista Investigações em Ensino de Ciências (IENCI), atuando também como professor e orientador de teses de doutorado e dissertações de mestrado (acadêmico e profissional). Tem experiência na área de Ensino de Física com produções vinculadas aos seguintes temas: Física Geral, modelagem computacional aplicada ao ensino, tecnologias computacionais, métodos interativos de ensino, teorias de aprendizagem, epistemologia da Física e ensino de Ciências.
Bolsista de produtividade em pesquisa do CNPq – Nível 2 (Educação).


Endereço postal:
Av. Bento Gonçalves, 9500
Caixa Postal 15051
CEP 91501-970
Campus do Vale - UFRGS
Porto Alegre - RS

Publicado

2021-08-10

Edição

Seção

Artigos