IDEOLOGIA E EDUCAÇÃO NA PERSPECTIVA DE LOUIS ALTHUSSER

Autores

  • DEBORA KLIPPEL FOFANO Universidade Federal do Ceará
  • HILDEMAR LUIZ RECH Universidade Federal do Ceará

Palavras-chave:

Ideologia, Aparelho Ideológico, Subjetivação e Educação

Resumo

Abordar a ideologia exige a capacidade de adentrar diferentes perspectivas contemporâneas
dessa temática, visto que este fenômeno adquire configurações crescentemente mais complexas
atualmente. Escolhemos o filósofo esloveno Slavoj Žižek como articulador da miríade de conceitos sobre
a ideologia e, tomamos por fundamento a teoria de Althusser e seus conceitos de Ideologia e Aparelhos
Ideológicos de Estado. Ao tensionar reflexivamente os conceitos visualizamos como a ideologia atua,
quais seus elementos fulcrais. Para tanto, dentro da tradição filosófica, aproximamos a perspectiva do
aparelho de Althusser, aos conceitos de positividade de Hegel, dispositivo de Foucault e Agamben e
“grande Outro” de Lacan, como mecanismos de controle e alienação do sujeito. Desse modo,
compreenderemos melhor a crítica ao “Aparelho Ideológico Escolar” e seus desdobramentos no que diz
respeito à educação brasileira. Nesse sentindo, percebemos também os limites do pensamento de
Althusser, no que se refere ao processo de subjetivação e dessubjetivação, e de como o processo de
educação é atravessado por variados fenômenos e acontecimentos, uma vez que pode estar em
permanente transformação, pois nunca é completo, como o sujeito também nunca é.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Publicado

2021-12-03

Edição

Seção

Artigos