RESISTIR E ESPERANÇAR

OS DESAFIOS À GESTÃO UNIVERSITÁRIA EM TEMPOS SOMBRIOS

Autores

  • Luciano Mendes Faria Filho UFMG

Palavras-chave:

Educação, Gestão Universitária, politica

Resumo

O texto é uma saudação às colegas e aos colegas da Faculdade de Educação da Universidade Federal de Minas Gerais que, em tempo tão difíceis, aceitaram nos conduzir, assumindo a gestão da instituição nos quadriênios 2018-2022 e 2022-2026. Tarefa difícil, mas necessária e estruturante, a gestão universitária tem sido considerada por muitos como um enorme fardo ou, por outros, como uma carreira que os distancia da sala de aula e os aproxima do poder. Mas há também aqueles e aquelas que assumem a gestão como um um desafio democrático e solidário para que a universidade seja um espaço acadêmico e científico em que docentes, técnicos Administrativos em Educação e discentes construam sentidos de vida, e para a vida, e para o país. Chama-se a atenção, também, para o fato de que, no momento atual, ao desafio democrático soma-se o do enfrentamento do negacionismo, do obscurantismo e do medo que, sob o atual governo, se transformaram em políticas de Estado.  Mas, como em outros momentos, as luzes da aurora, como nos lembrava Drummond, hão de aparecer e tingir nossas manhãs com as cores da vida e da alegria.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luciano Mendes Faria Filho, UFMG

Pedagogo, Doutor em Educação, Professor Titular na Faculdade de Educaçao UFMG onde participa da Coordenação do Programa de Ensino, Pesquisa e Extensão Pensar a Educação, Pensar o Brasil. Participa também da Coordenação do Portal do Bicentenário e do Projeto Bibliografia Viva. É pesquisador da área de história da educação com ênfase nas sociabilidades intelectuais e edição e relação entre os intelectuais e a escola pública no Brasil.

Arquivos adicionais

Publicado

2022-11-11

Edição

Seção

Palavra Aberta